Geovane Santos | Agência Sertão

Geovane Santos | Agência Sertão

Um jogo promovido para resgatar o futebol arte e fomentar o esporte em Guanambi e região, esse é o objetivo do Jogo das Estrelas, segundo a organização. O evento ocorreu na tarde do último sábado (13), no Clube de Campo Guanambi e contou com o apoio de patrocinadores do comércio da cidade, entre eles o Centro Universitário – UniFG.

Essa é a terceira edição do Jogo das Estrelas e os participantes da vez foram os ex-jogadores Almir do Vitória, Chico Estrela, goleiro do Vitória da Conquista, Marcelo Ramos do Cruzeiro, Edilson Capetinha, pentacampeão pela seleção brasileira e Paulo Emílio do Bahia. O ex-volante do Palmeiras Amaral também seria uma das atrações, mas não pode participar devido a um contratempo.

ColaboreSe você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante. .

A iniciativa de propiciar o entretenimento surgiu em 2015, em uma conversa entre Salvany Cotrim, organizador, e ex-jogadores do Flamengo, na Gávea, centro de treinamento do clube no Rio de Janeiro. A partir de então, Salvany percebeu a possibilidade de trazer grandes nomes do futebol brasileiro, juntamente com empresários da cidade que gostassem de jogar futebol e custeassem as eventuais despesas.

Apesar dos gols e das grandes jogadas das estrelas, o final de tarde foi de alegria para as crianças presentes. A UniFG disponibilizou dezenas de brindes antes do jogo. O atacante Edilson comandou a brincadeira – quem acertasse o travessão, em três tentativas ou fizesse um gol de pênalti com apenas uma tentativa ganhava uma garrafa esportiva ou uma caneta.

O professor Mauro Figueiredo, gerente administrativo da UniFG fala do objetivo da instituição ao participar de eventos dessa magnitude. “O principal aqui é o incentivo ao esporte – o esporte é saúde, educação, disciplina e treinamento. Esse Jogo das Estrelas, está contando com a presença de importantes jogadores da história do Brasil, isso incentiva muito o jovem e a criançada a buscarem essa atividade. A UniFG está contribuindo para que o esporte em Guanambi seja valorizado e principalmente que os jovens e as crianças busquem essa prática como uma forma de adquirir mais disciplina, treinamento e foco nos estudos”, acredita.

Para os participantes, o resultado da partida não teve relevância, o que prevaleceu foi a confraternização e a prática esportiva. O jogo terminou com o placar de 4X1 para o time das estrelas contra o time de empresários guanambienses.

O pentacampeão mundial Edilson explica como ele teve conhecimento do evento e a expectativa é que tome grandes proporções. “Eu aceitei o convite imediatamente, porque os outros jogadores que já participaram, informaram que aqui em Guanambi é sempre um evento bacana. Desde quando você trata alguém com excelência o resultado é a propagação e foi isso que aconteceu em Guanambi, quando eu cheguei aqui fui muito bem recebido. Espero que esse evento cresça e possa ter fôlego, porque só quem ganha é o povo da cidade”, revela.

O ex-atleta fala ainda da relevância do episódio na promoção do esporte, principalmente para as crianças. “Por tudo que passamos no futebol, por ser um pentacampeão mundial, acabamos sendo referência, pessoas queridas por adultos e crianças. Então é importante ter pessoas de nome presentes nesse tipo de evento e eu fico feliz por ser referência para as crianças. Dentro de campo eu procuro jogar sempre com alegria, fazer coisas diferentes para agradá-las. Fiquei muito feliz em poder participar e espero voltar mais vezes”, agradece.

Ao final da partida, a torcida teve acesso ao campo e conseguiram tirar fotos e conversar com os ex-jogadores. Um momento de nostalgia para os adultos e diversão para as crianças e adolescentes.

Deixe uma resposta