Reprodução

Professores da rede municipal de Guanambi e outros municípios baianos pararam as atividades por 24 horas nesta quarta-feira (24) em protesto contra a Reforma da Previdência, encaminhada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro ao Congresso.

A convocação foi feita pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia – APLB Sindicato, haverá manifestações em todos os municípios baianos. Segundo a CNTE, a proposta ataca as aposentadorias e direitos previdenciários dos brasileiros.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui