Reprodução: Antônio Cruz/Agência Brasil

O Índice de Confiança da Construção, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), ficou estável em abril, permanecendo em 82,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Em médias móveis trimestrais, o indicador recuou pelo segundo mês consecutivo, ao cair 1 ponto em abril.

O Índice de Situação Atual, que mede a confiança dos empresários da construção no momento presente, subiu 1 ponto em abril, para 73 pontos, retornando ao nível de outubro de 2018 (73, pontos).

Com relação ao Índice de Expectativas, que mede a confiança nos próximos meses, caiu 1,1 ponto, passando para 92,4 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade (Nuci) do setor avançou 0,9 ponto percentual, para 66,2% em abril.

Segundo a pesquisadora da FGV Ana Maria Castelo, a sondagem de abril reforça a percepção de que o setor não está conseguindo deslanchar como se esperava, “refletindo um cenário bastante incerto para o investimento em 2019”.

Fonte: Vitor Abdala – Repórter da Agencia Brasil

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui