20 C
Guanambi
16.1 C
Vitória da Conquista

Vice-governador diz que mineração em Caetité representa novo polo de desenvolvimento para a Bahia

Mais Lidas

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, João Leão, acredita que o início na mineração do projeto Pedra de Ferro em Caetité trará crescimento econômico para a região. As obras de implantação do complexo foram vistoriadas por uma equipe técnica da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), na semana passada. A Previsão é que o investimento chegue a R$ 10 bilhões até a conclusão.

“O governo do estado está empenhado em atrair empresas interessadas em investir na Bahia para movimentar a economia e gerar emprego. Essa obra da Bamin, que está avançada de acordo com visita dos nossos técnicos, representa o novo polo de desenvolvimento para a Bahia”, afirmou

A construção de uma mina e uma ferrovia na região de Caetité, além da interligação com o Porto Sul, em Ilhéus, compõe o Projeto Pedra de Ferro, empreendimento da Bamin, com investimentos de R$ 1,5 bilhão.

Em Guanambi, ainda é grande a resistência contra o empreendimento por conta da construção da barragem de rejeitos que, em caso de rompimento, atingiria comunidades do entorno, a barragem de Ceraíma e a cidade de Guanambi, além do rio São Francisco. A Bamin diz que irá investir R$ 200 milhões só na construção da barragem, afim de garantir sua estabilidade e sustentabilidade.

A Bahia Mineração (Bamin), responsável do projeto, pretende produzir 20 milhões de toneladas de minério de ferro, por ano. O complexo pode transformar a Bahia no terceiro maior produtor de minério de ferro do país. O Projeto Pedra de Ferro está em fase de implantação. Atualmente, a empresa possui 100 funcionários e deve gerar até 10 mil empregos diretos e 20 mil indiretos durante a fase de construção, com picos de 2 mil a 8 mil empregos na fase de operação.

Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico

Confira o áudio desta notícia

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

Últimas