Reprodução

Um apartamento, localizado no sexto andar de um prédio em Curitiba (PR), explodiu e pegou fogo na manhã deste sábado (29).

Uma menino de 11 anos foi arremessado do imóvel com a força do estouro, chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo. Outras três pessoas ficaram feridas e seguem internadas. As informações são do G1 Paraná.

As três pessoas feridas que ainda estão internadas são um casal que morava no apartamento e um técnico que prestava um serviço no local.

Raquel Lamb, de 23 anos, e Caio Santos, que é o técnico e tem 30 anos, estão em estado grave. O estado de saúde do marido de Raquel, Gabriel de Araújo, 27 anos, é estável. Mateus era irmão de Raquel.

Ao G1, o major Fernando Machado, do Corpo de Bombeiros, informou que pode ter provocado o incêndio foi um equipamento de impermeabilização que estava sendo usado no momento da explosão.

Ele explicou que, quando há um acúmulo deste gás em um local fechado, pode ser gerado uma explosão.

O major disse ainda que não foi constatado vazamento de gás nem no apartamento, nem no prédio como um todo. O edifício está interditado temporariamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui