Geovane Santos | Agência Sertão

Geovane Santos | Agência Sertão

O novo sistema de irrigação de Ceraíma foi inaugurado nesta sexta-feira (2), com a presença da Ministra da Agricultura Tereza Cristina e do Ministro do Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto.

O ato inaugural aconteceu em frente ao novo escritório da Cooperativa Agrícola de Ceraíma (Cooperc), com vários representantes políticos da região.

Na ocasião, a Ministra da agricultura falou da importância dos programas sociais, no entanto, pontou a necessidade de políticas públicas que incentivem as famílias a desenvolverem meios de serem independentes economicamente. “Nós temos que ter um olhar diferente para aqueles que precisam mais, nós precisamos olhar muito para o Nordeste. Quando o Arthur Maia fala do Bolsa Família aqui, é claro que ela é importantíssima e vai continuar melhor. No entanto, nós precisamos dar a porta de saída, para aqueles que tem como produzir e podem ganhar com o seu suor. Com a ajuda de políticas públicas que possibilitem a vocês dignidade, liberdade de produzir, vender e sonhar cada vez mais”, pontua Cristina.

Cristina afirma ainda que além da assistência técnica, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) vai estar em Guanambi e em Ceraíma colocando recursos na agricultura familiar na localidade.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

As obras do novo projeto de reestruturação hídrica e modernização do Perímetro Irrigado foram iniciadas em março de 2018. O total do investimento se aproxima dos R$ 20 milhões e são provenientes do Orçamento da União destinados à Codevasf e de emenda parlamentar do deputado federal Arthur Maia.

Segundo levantamento da Cooperc, aproximadamente 115 hectares já foram plantados e estão sendo irrigados pelo novo sistema. De acordo com Adilson Santos engenheiro responsável, a perspectiva é atender um total de 130 produtores.

Desde 2008, o projeto de irrigação foi suspenso e a agricultura familiar esteve paralisada por esse período. Mas nos últimos anos, a Barragem de Ceraíma, de onde era proveniente a irrigação atingiu quase 100% de sua capacidade, sendo possível a recuperação de 112 lotes agrícolas, após a conclusão do novo projeto de irrigação.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui