Feira da Economia Solidária e Agricultura familiar
Foto: Cesol Sertão Produtivo

A praça Gercino Coelho amanheceu animada nesta sexta-feira, 09. Cícero e Sofia Leão, artistas regionais, prepararam um repertório cheio de clássicos da moda de viola. Eles abriram a programação da Feira de produtos da Economia Solidária e da Agricultura Familiar do território Sertão Produtivo.

O evento está sendo promovido pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia – SETRE, por meio do Centro Público de Economia Solidária Sertão Produtivo, com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Baiano – IDSB responsável pela gestão do Cesol, e segue até amanhã.

Uma diversidade de produtos estão expostos à população, são muitas as oportunidade de fazer negócios e apreciar a produção da região: biscoitos, bolos, doces, licores, geleias, mel, carne de bode, além de várias opções de artesanato. Quem visita, aprova:

“Essa exposição tá uma maravilha, bem organizada, produtos variados para todos os gostos”. (Jaldo Cambuí, ex-radialista).

“A feirinha é maravilhosa, boa demais! Não só os produtos, mas a divulgação dos trabalhos artesanais. É bom pra Guanambi, é bom pra região, é bom para todo mundo! Acabei de provar um docinho de umbu sensacional, nem muito doce, nem muito azedo. (Lília Gomes, funcionária pública).

E não é só o doce de umbu! Os visitantes têm a chance de experimentar muitas outras delícias! A criadora de caprinos, Maria Isaura da Silva, por exemplo, oferece espetinhos de linguiça calabresa de bode: “Foi uma forma que a gente encontrou de fazer uma degustação pra pessoa conhecer e a gente poder tá vendendo. Tem dado certo!”.

A programação do primeiro dia de feira ainda contou com uma oficina sobre consumo consciente. A feira continua neste sábado (10), quem comprar qualquer item e preencher o cupom estará concorrendo a cestas de produtos.

Fonte: Cesol Sertão Produtivo

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui