O furacão Dorian voltou à categoria 3 e não dá sinal de enfraquecimento. Na última noite, o Ministério da Saúde das Bahamas, anunciou um balanço de 20 mortos e acrescentou que as buscas nas casas inundadas começaram e que o número de vítimas pode ser superior.

O Dorian deixou um forte rasto de destruição e devastou parcialmente as Bahamas.

O furacão atingiu a costa das ilhas das Bahamas, na América Central, com rajadas de vento que atingiram os 295 quilômetros por hora e deixou a ilha de Grande Bahama, que abriga 50 mil pessoas, 70% debaixo de água.

O rasto de destruição é visível e as Bahamas prestam auxilio às vítimas do Dorian apoiadas pela guarda costeira dos Estados Unidos e da Marinha Real britânica.

O furacão já atinge a costa dos Estados Unidos, como conta o jornalista da Antena 1/RTP nos Estados Unidos, João Ricardo de Vasconcelos.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Edição:

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui