Divulgação / CCS

Neste sábado, 7 de setembro, feriado nacional em comemoração aos 197 anos da Independência do Brasil, um desfile cívico será realizado pelas ruas de Guanambi.

A iniciativa do Colégio Caminho do saber, escola particular da cidade, tem se repetido nos últimos anos, com o objetivo de preservar a tradição cívica no município.

Este ano está confirmada a participação dos estudantes da Escola Municipal Josefina Teixeira de Azevedo, unidade de ensino que passa por implantação da metodologia dos Colégios da Polícia Militar da Bahia.

Além dos estudantes dos dois colégios, representantes de diversas organizações participam do desfile.

Na edição deste ano está confirmada a presença da equipe da Superintendência Municipal de Trânsito, Bombeiros Civis, Primeira Igreja Batista, Lojas Maçônicas, Grupo de Capoeira Ginga Bahia, Askati – Artes Marciais, Espalo Iana Rocha e Apada.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

O Movimento Vida Sim, Barragem Não também irá participar do desfile. Eles protestam contra a construção de uma barragem de rejeitos da Bahia Mineração (Bamin).

A Fanif, Fanfarra do Instituto Federal Baiano – Campus Guanambi também irá desfilar no 7 de Setembro de Guanambi.

O desfile será realizado na Avenida Santos Dumont.

Grito dos Excluídos e das Excluídas

Nesta sexta-feira (6), véspera do feriado, acontecerá o 20º Grito dos Excluídos e das Excluídas. O tema do movimento deste ano está relacionado à mineração – “Esse sistema não Vale”.

Segundo a coordenação, o objetivo é chamar a atenção da sociedade para a urgência da organização e luta popular frente à conjuntura em que o país vive hoje.

A concentração será na praça do bairro Alvorada, às 19h. Em seguida, todos os participantes protestam pelas principais ruas de Guanambi.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui