O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a variação da cesta de consumo de famílias com renda até cinco salários mínimos, registrou inflação de 0,12% em agosto deste ano. A taxa é superior ao INPC de julho deste ano (0,10%) e de agosto do ano passado, quando não registrou variação.

Com o resultado, o indicador acumula taxas de inflação de 2,68% no ano e de 3,28% em 12 meses. Em agosto e no acumulado do ano, o INPC registrou inflações mais altas do que o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que mede a inflação oficial, e que teve índices de 0,11% no ano e de 2,54% no ano.

No acumulado de 12 meses, o INPC ficou abaixo do IPCA, que acumula inflação de 3,43% no período.

Segundo o INPC, os produtos alimentícios tiveram deflação (queda de preços) de 0,49% em agosto, enquanto os não alimentícios registraram inflação de 0,39% no período.

Edição: Graça Adjuto

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui