Reprodução

Alunos do 9º ano do Colégio Municipal Zelinda Carvalho Teixeira, em Caetité, supervisionados pelo professor Emílio Aurélio, desenvolveram um robô com o intuito de estimular o hábito à leitura. O projeto vem sendo desenvolvido há mais de quatro meses e atrai a atenção dos espectadores por meio de contos históricos.

Batizado de Robô Leitor, o projeto foi apresentado na Feira Brasileira de Iniciação Científica (Febic), entre os dias 09 e 13 de setembro, em Jaraguá do Sul (SC). Dois alunos representaram a escola caetiteense – Caique Rodrigues Silva e Jéssica Karine.

Depois de se destacar na Febic, a invenção foi credenciada para a Mostra Nacional de Educação, Ciência e Tecnologia (Mostrarob 2020), em Pelotas (RS), e para a Feria Internacional, de Innovación, Ciencia y Tecnología (Feincyt 2020), no México.

Idealizada em 2011 por integrantes do Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento de Projetos do campus Pelotas (LAB 14), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense, a Mostrarob acontece anualmente de 11 a 13 de setembro.

Segundo os organizadores, o principal objetivo da Mostrarob é aproximar os conhecimentos teóricos à prática, estimulando a criatividade e o raciocínio lógico dos estudantes, a fim de incentivar o pensamento científico, por meio do desenvolvimento de projetos e, por consequência, propagar a importância do investimento em pesquisa nas instituições de ensino como fator determinante para a evolução econômica, tecnológica e social do país.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Já a Feincyt, de acordo com a organização, é um espaço internacional para compartilhar experiências e resultados, em torno de projetos de investigação efetuados por estudantes e professores de instituições de nível básico a superior, baseado no Protocolo Científico Juvenil internacional.

Na 4ª edição da Febic, que credenciou os caetiteenses para os respectivos eventos, 249 projeto de 13 estados do país foram selecionados para a final. Os caetiteenses concorreram na categoria II, com 79 projetos inscritos.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui