A Prefeitura de Brumado e o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia assinaram um convênio no último dia 13 para viabilizar a instalação de um Subgrupamento da corporação no município. O município de Guanambi também pleiteava este convenio, chegando a anunciar a instalação na cidade, no entanto, a proposta foi desbancada por Brumado.

O convênio prevê apoio recíproco à prestação dos serviços na área de segurança contra incêndio e pânico, com vistas à prevenção e combate a incêndios e a situações de pânico, bem como busca, resgate e salvamento de pessoas e bens a cargo do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, visando à preservação da vida e do patrimônio em geral e a garantia da defesa civil, dentro do esforço da Administração Pública Estadual de interiorização dos serviços de bombeiro militar.

À imprensa local, o secretário de planejamento e desenvolvimento econômico Castilho Viana relatou que “Brumado seguia em disputa com algumas cidades de médio porte do estado para a contemplação por meio alto comando geral do CBPM e, mesmo diante dos desafios, saiu na frente quando se destacou nos requisitos solicitados pelo estado e com isso alavancou mais esta vitória para nossa população”.

O secretário afirmou ainda que a chegada do corpo de bombeiros na cidade dará mais segurança e suporte à população com suas atividades de combate a incêndios e salvamentos. Ele ressaltou ainda que a instalação dará melhores condições ao município de manter e atrair novas empresas de grande porte, tendo em vista que os altos valores das apólices de seguro caem consideravelmente quando se tem o corpo de bombeiros nas proximidades.

Em julho de 2018, a Prefeitura de Guanambi anunciou que a implantação do Subgrupamento Regional do Corpo de Bombeiros Militar de Guanambi estava próxima de ser concretizada.

O anuncio aconteceu após o prefeito de Guanambi, Jairo Magalhães, se reunir com o Major Bombeiro Militar (BM) Valdir Ferreira de Oliveira Júnior, Comandante do 7º Grupamento Militar do Corpo de Bombeiros de Vitória da Conquista.

A Prefeitura deu como certa o convênio e chegou a determinar um local para a instalação do subgrupamento e disse que iria providenciar a adequação do espaço para acomodar os bombeiros, as viaturas e os equipamentos da corporação.

Em maio deste ano, a prefeitura informou que o local não atendeu às exigências técnicas e que procurava um outro local para sediar o subgrupamento, no entanto, com a assinatura do convênio com a Prefeitura de Brumado, a instalação na cidade deve ser inviabilizada devido à aproximação das duas cidades, distantes apenas 140 quilômetros uma da outra.

Este post foi modificado pela última vez em 19 de setembro de 2019 - 12:50 12:50