Reprodução

O motorista do caminhão que colidiu contra um ônibus de transporte de estudantes universitários ainda não se apresentou à polícia.

Ele dirigia o caminhão que invadiu a pista e atingiu a lateral do ônibus da empresa Liviatur na noite desta quarta-feira (2), na BR-030, em Caetité. Segundo a Polícia Militar, antes de atingir o ônibus, o veículo bateu na traseira de outro caminhão.

No caminhão, a polícia encontrou uma habilitação em nome de Lucas Santos Silva Bento. O suspeito fugiu do local após o acidente sem prestar socorro às vítimas e seu paradeiro ainda é desconhecido.

A PM informou ainda que é provável que ele não tenha se ferido, pois não foi encontrado sangue na cabine do veículo.

A 22ª Coorpin informou que a proprietária do caminhão entrou em contato de Vitória da Conquista informando que o motorista deve se apresentar até esta sexta-feira (4).

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

O delegado Giancarlo Soares disse em entrevista que caso o caminhoneiro seja localizado, ele pode ser preso em flagrante por homicídio culposo no trânsito, pois emitiu socorro e fugiu do local. O delegado disse ainda que uma tentativa de ultrapassagem mal sucedida por ter causado a colisão.

Os estudantes Klausten Lima Ferreira, Lizangela Angélica Gomes e Thaís de Araújo Martins dos Santos morreram no local do acidente, o motorista Roberto Gonçalves Teixeira chegou a ser resgatado com vida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no entanto, morreu após dar entrada no Hospital Regional de Guanambi.

Cerca de 35 estudantes estavam no veículo no momento do acidente. Pelo menos 11 pessoas se feriram com gravidade no acidente. Elas foram levadas para o Hospital Regional de Guanambi (HRG), pelo menos três permanecem internados. Os estudantes que tiveram ferimentos leves foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

O acidente mobilizou doadores que logo pela manhã foram ao Hemoba e lotaram toda o estoque de sangue. A direção da entidade informou para os interessados procurem a unidade nos próximos dias para doar sangue.

Sepultamento

Os corpos de Klausten, Thaís e Robério foram sepultados no final desta tarde no Cemitério de Caetité. Klausten foi velado no salão do ECC, enquanto Thaís e Roberto foram velados na Igreja Assembleia de Deus da Praça da Bíblia.

Um multidão acompanhou os cortejos dos locais do velório até o cemitério local. Várias homenagens foram prestadas às vítimas.

Lizangela também foi velada na mesma igreja, no entanto, seu corpo foi transladado para Fazenda Lajes, na zona rural de Ibiassucê. O sepultamento será às 9h desta sexta-feira (4), no Cemitério Municipal de Ibiassucê.

Luto

Os estudantes eram alunos do Centro Universitário – UniFG. A instituição decertou luto e suspendeu as atividades acadêmicas e administrativas desta quinta, sexta e sábado.

A UniFG organizou um ponto de apoio psicológico no campus São Sebastião, e está em contato com as famílias, disponibilizando assistência necessária. Um ônibus sairá do campus às 14h, em direção a Caetité, transportando alunos e professores para os funerais. Neste momento de dor e despedida, nos solidarizamos com familiares e amigos.

Klausten era aluno de Engenharia Civil, Lizângela de Administração e Thaís de Ciências Contábeis.

A Prefeitura de Caetité decretou luto oficial por três dias na cidade. (Decreto de Luto Oficial na íntegra)

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui