Divulgação | Ascom - PMG

O Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Codema), de Guanambi, elegeu novos membros na última quinta-feira. O processo de escolha ocorreu na Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, com a participação de entidades da Sociedade Civil Organizada e do Setor Econômico do município.

O encontro foi coordenado pelo Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Hélio Pereira (Lelé).

Segundo a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Guanambi, a composição ficou definida da seguinte forma:

Sociedade civil: ASCOM e ong Prisma (titular e Suplente); Instituto CASA e associação de moradores; EASA e CREA; Cotaeg e Copvida; Sindicato dos trabalhadores Rurais.

Poder público: secretarias de agricultura e meio ambiente, saúde, infraestrutura, educação e câmara de vereadores.

Se você gosta do conteúdo da Agência Sertão, colabore para o aprimoramento do nosso Jornalismo a partir de R$ 10 por mês e seja um assinante - Saiba como!

 

Setor econômico: consultoria Zziphus, Faculdade Guanambi, Fip, CDL e Sebrae e escola de idiomas Fisk.

Os novos conselheiros serão empossados no dia 21 de novembro.

No final de outubro, a Prefeitura de Guanambi publicou uma portaria convidando entidades da Sociedade Civil Organizada e do Setor Econômico do município, para participar do processo eleitoral de renovação do Codema.

De acordo com a portaria, o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente é composto de 15 membros constituído de forma paritária e tripartite, sendo cinco representantes do Poder Público, cinco representantes da Sociedade Civil Organizada e cinco representantes do Setor Econômico.

Ainda conforme a convocação, os representantes da Sociedade Civil Organizada e do Setor Econômico seriam eleitos pelos respectivos setores e indicado ao Conselho via ofício. Já os representantes do poder público deveriam ser escolhidos na forma da Política Municipal de Meio Ambiente nº 1.107/2017 tendo em vista as suas particularidades.

O Codema tem como objetivos a elaboração, execução e acompanhamento de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento sustentável do município.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui