Fonte: Inmet

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de Perigo por volta das 12h desta quarta, válido até às 12h desta quarta-feira, com validade até às 12h desta sexta-feira (24), para risco de temporais de 30 mm a 60 mm por hora ou de até 100 mm por dia.

O alerta engloba todos estados de Espírito Santo, as maiores áreas de Goiás e Minas Gerais, além do norte do Rio de Janeiro, sul do Tocantins e centro-sul da Bahia, incluindo toda a Região de Guanambi, que já recebe chuvas fortes desde esta terça-feira.

Segundo o Inmet, em algumas dessas regiões podem ocorrer risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas. 

O instituto recomenda ainda que, em caso de rajadas de vento, não se abrigar debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, também é recomendado desligue aparelhos elétricos e até o quadro geral de energia.

Em Guanambi, a chuva desta quarta-feira começou por volta das 18h. Até a meia noite já havia chovido 38 mm e a madrugada começou chuvosa. Na terça-feira, o pluviômetro da Agência Sertão registrou 22 mm de chuva durante a chegada das instabilidades logo pela manhã.

Repórter fotográfico registrou a intensidade das nuvens na Serra dos Brindes no final da tarde desta quarta-feira – Foto: Isac Soares / Agência Sertão

Próximo à cidade, na região conhecida como Serra dos Brindes, choveu bastante no final da tarde. Moradores enviaram vídeos mostrando a grande quantidade de água que se acumulou no local após a tempestade. As pastagens de uma fazenda ficaram completamente encobertas pela água.

A Zona de Convergência do Atlântico Sul formada sobre o Brasil deve permanecer ativa pelo menos até o próximo domingo (26). A tendência é que continue chovendo em toda a área afetada pelo alerta do Inmet.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui