Feirão de empregos atrai milhares de pessoas na capital paulista - Imagem Ilustrativa / Reprodução / Agência Brasil

Foi bastante negativo o saldo de postos de trabalho com carteira assinada no Brasil em dezembro de 2019. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o país perdeu 307.311 vagas de trabalho no mês.

O número é parecido com o saldo do mesmo mês do ano de 2018, quando foram fechados 334.462 postos de trabalho.

O número negativo veio após sinais de recuperação econômica. Até novembro, o saldo acumulado do ano era de 866.937 novas vagas.

Com a forte queda nas vagas em dezembro, o saldo do ano de 2019 fechou positivo com 559.626 postos de trabalho criados. Este foi o melhor saldo desde 2013, quando foram abertas 730.687 vagas.

Ao todo, são 38.970.054 pessoas trabalhando com carteira assinada no país. Comparado com 2018, houve um crescimento de 33% na geração de novos empregos. Naquele ano foram geradas 421.078 vagas de trabalho.

Este número é próximo ao total de vagas que havia no país no ano de 2011.

Entre 2015 e 2017, anos de intensa crise econômica, foram fechados 3,12 milhões e empregos formais no Brasil. Os três anos tiveram forte queda na geração de empregos.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui