Tauan Montalvão | Agência Sertão

Aconteceu na manhã desta segunda-feira (10), no auditório da Câmara de Vereadores de Guanambi, o lançamento do projeto Agronordeste-Assistência Técnica e Gerencial.

O programa tem o objetivo de aumentar a produção e melhorar a comercialização de produtos, por meio da assistência técnica aos produtores rurais do distrito de Ceraíma e região.

O evento recebeu o presidente do sistema Federação da Agricultura e Pecuária (Faeb/Senar), Humberto Miranda, além do presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Harley Nascimento, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Guanambi, Nelson Gomes e lideranças políticas como o deputado federal Arthur Maia e o ex-governador Nilo Coelho.

Veja também: Coopag vai realizar Exposição Agropecuária em 2020

O projeto já está em fase inicial, na próxima terça-feira (11), os técnicos responsáveis já estarão fazendo o cadastramento de produtores para executar os serviços de assistência. De início, o projeto irá trabalhar com 300 produtores.

O presidente da Faeb, Humberto Miranda, explicou que este é um programa que leva muita expectativa aos produtores rurais, proporcionando conhecimento, qualificação e tecnologia, aumentando a produção e comercializando, além de melhorar a produção.

Os interessados em participar do projeto, devem procurar o Sindicato dos Produtores Rurais de Guanambi ou a Codevasf para que o nome seja incluso no cadastramento.

O Sistema Faeb/Senar

O Sistema Faeb/Senar trabalha para fortalecer o setor agropecuário baiano, defendendo os interesses e direitos dos produtores rurais do nosso estado, além de capacitar e profissionalizar a mão de obra rural. A FAEB – Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia disponibiliza os serviços de assessorias especializadas orientando os Sindicatos e os produtores nas diversas áreas da agropecuária.

O Senar – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural tem como missão realizar educação profissional e ação social das pessoas do meio rural, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e para o desenvolvimento sustentável da Bahia.

Além disso, o Senar contribui para o aumento da renda do produtor rural, difundindo tecnologias através da assistência técnica e também através da formação profissional oferecida gratuitamente pela instituição. Por ano, mais de 45 mil pessoas são capacitadas pelo Senar Bahia em todo o estado.

Os Sindicatos dos Produtores Rurais são essenciais para que as ações do Sistema FAEB aconteçam no campo. O Sindicato funciona como braço operacional da Federação e do Senar, sendo a representação do Sistema nos municípios. Através de cada Sindicato, os produtores rurais têm acesso às assessorias e serviços oferecidos pela FAEB e os programas de capacitação profissional rural e social do SENAR BAHIA. Um sistema sindical forte e organizado representa uma agropecuária respeitada, competitiva e produtiva.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui