Tempo chuvoso na Região e Guanambi - Foto: Isac Soares / Agência Sertão

As previsões meteorológicas continuam prevendo possibilidade de chuvas na região de Guanambi. No fim da última semana, as previsões apontavam que os temporais iriam cessar na região nesta quarta-feira (11), no entanto, as previsões atualizadas apontam que ainda pode chover forte em algumas áreas até quinta-feira (12).

As previsões apontam ainda que a nebulosidade deve continuar na região por mais alguns dias, com possibilidade de pancadas de chuva isolada até meados da próxima semana.

O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu novo alerta de perigo devido aos riscos do temporais. Este aviso engloba várias regiões do Estado e alerta para possibilidade de alagamentos devido às chuvas que podem chegar a 60 mm por hora ou mais de 100 por dia. O alerta iniciado na terça-feira (10) é válido até às 10h desta quinta-feira.

Alerta iniciado na quinta-feira tem validade até domingo

A meteorologia aponta ainda que deve voltar a chover na região entre os dias 20 e 25 deste mês, no entanto, em menor intensidade do que o registrado nos últimos dias.

Em Guanambi, no centro da cidade, o Pluviômetro da Agência Sertão registrou até o início da tarde desta quarta-feira (11) acumulado de 650 mm. No entanto, em algumas regiões do município de Pindaí, o acumulado de outubro até agora gira em torno de 1.000 mm.

Também há relatos de acumulados acima dos 800 mm na zona rural de Candiba, Guanambi e Caetité. Estas regiões de maior precipitação estão geralmente mais próximas às Serras Geral e dos Monte Altos, em altitudes maiores.

Rio São Francisco

O nível do rio São Francisco continua subindo na Bahia. Em Malhada, primeira cidade baiana a receber suas águas, o nível chegou a 6,90 metros na manhã desta quarta-feira (11).

A previsão do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) era de que o nível máximo fosse atingido esta quarta, no entanto, é possível que o rio suba um pouco mais devido às chuvas que caem no Norte de Minas e na Bahia.

Na Hidroelétrica de Três Marias houve redução do vertimento no início da semana. A previsão da Cemig, responsável usina, é de que as comportas sejam fechadas até a próxima sexta-feira.

Barragens

Desde a última sexta-feira (7) até a o início da tarde desta quarta-feira, o nível da barragem de Ceraíma subiu aproximadamente 1,65 m. A expectativa dos moradores da região é de que o nível continue subindo devido às fortes chuvas que caem as cabeceiras do rio Carnaíba de Dentro e seus afluentes.

Para atingir 100% de capacidade, a barragem ainda precisa subir cerca de 1,35 m.

Outras barragens da região também estão recebendo bons volumes de água nos últimos dias, no entanto ainda não há medições oficiais disponíveis.

Ainda em Guanambi, a barragem de Poço do Magro iniciou a última sexta-feira com apenas 27% de sua capacidade. Com as cheias do riachão e de seus efluentes, a expectativa é de uma boa recuperação no volume de água do reservatório.

Em Urandi, as barragens de Estreito e Cova da Mandioca também começaram a última sexta-feira com baixos níveis. A primeira tinha 23% de seu volume e a segunda apenas 7%. Informações preliminares apontam que houve recuperação significativa dos volumes.

Na próxima sexta-feira (13), a Codevasf, responsável pela gestão das quatro barragens, irá atualizar os números das medições.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui