Reprodução

Um novo decreto assinado pelo prefeito Jairo Magalhães foi publicado no Diário Oficial do Município de Guanambi nesta sexta-feira (20), visando estabelecer novas medidas de combate ao Coronavírus.

Entre as principais mudanças em relação ao decreto da última terça-feira (17), está a diminuição do limite de aglomeração de 50 para 20 pessoas.

O novo decreto suspende também suspende o funcionamento de todas as academias de atividades físicas e similares, pelo prazo de 30 (trinta) dias.

As outras medidas já estavam em vigor com a publicação do decreto anterior, como o distanciamento de dois metros entre meses em bares e restaurantes. Os estabelecimentos ficam obrigados a disponibilizar locais para higienização das mãos, álcool gel e papel toalha para os clientes, além de reforçar a limpeza do piso, corrimãos e maçanetas. A prefeitura recomenda que os comércios estimulem os clientes a receber os produtos em casa.

Outras medias como o reforço na limpeza do transporte coletivo e suspensão de aulas e cursos continuam vigorando com o novo decreto.

Um outro decreto declarou situação de emergência no município. Com medida, poderão ser requisitados bens e serviços de pessoas naturais e jurídicas, além de ficar autorizada a dispensa de licitação para aquisição de bens, serviços e insumos de saúde destinados ao enfrentamento da emergência de saúde pública.

Até o fim da tarde desta sexta-feira (20), nenhum caso do novo Coronavírus foi confirmado na região de Guanambi. Na cidade, sete casos suspeitos foram descartados e outros sete casos aguardam resultado dos exames. Ainda há casos suspeitos

Barreira Sanitária

Na BR-122, em Urandi, uma barreira sanitária foi montada em articulação da Base Regional de Saúde com as secretarias municipais de Guanambi, Pindaí e Urandí.

Passageiros de ônibus estão sendo retirados dos ônibus e vans e submetidos a avaliação de sintomas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui