Reprodução

Os ônibus e vans que chegam a Bahia por Minas Gerais pela BR-122 serão submetidos a uma barreira sanitária em Urandi. A ação terá suporte da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e execução de servidores das secretarias municipais de Saúde de Guanambi, Pindaí e Urandi em articulação com Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), por meio da Base Regional de Saúde.

Segundo informado à Agência Sertão, os passageiros serão retirados dos veículos para verificação de sintomas. Aqueles que estiverem sintomáticos, semelhantes a gripe, vão passar por avaliação médica mais minuciosa.

A operação começa às 0h desta sexta-feira (20) e não tem data definida para terminar. Objetivo é impedir a chegada da doença por pessoas oriundas de locais onde já está acontecendo a contaminação comunitária, quando não é possível descobrir de quem partiu o vírus.

O Governo da Bahia determinou que todas as divisas do Estado passem a ser monitoradas. Além disso, está proibido o transporte público intermunicipal nas cidades com casos confirmados. Os passageiros dos aeroportos do Estado também passarão por avaliações.

A fiscalização também vai ser intensificada nas rodoviárias da região. As entradas da cidade de Guanambi também serão monitoradas nos próximos dias. Em alguns locais serão usados termômetros especiais para tentar identificar pessoas em estado febril sem a necessidade de contato entre o examinador e o indivíduo.

Até o momento, nenhum caso de infecção pelo covid-19 foi diagnosticado na Região de Guanambi. Sete casos suspeitos foram descartados e outros 16 aguardam o resultado dos exames.

Notificações de Coronavírus na Região de Guanambi* 

Guanambi – 14 casos suspeitos  – 5 descartados e 9 aguardando resultado ou encaminhamento
Caetité – 5 casos suspeitos – 2 descartados – 3 aguardando resultado ou encaminhamento
Caculé – 1 casos suspeito aguardando resultado
Iuiu – 1 casos suspeito aguardando resultado
Rio do Antônio – 1 casos suspeito aguardando resultado
Urandi – 1 casos suspeito aguardando resultado

*atualizado às 23h de 19/03

Coronavírus na Bahia

De janeiro até as 17 horas de hoje (19), a Bahia registrou 998 casos notificados com suspeita clínica de infecção pelo novo coronavírus. Destes, 31 foram confirmados, 443 foram descartados e 524 aguardam análise laboratorial. As localidades com casos confirmados são: Salvador (18), Feira de Santana (5), Porto Seguro (4), Lauro de Freitas (2), Prado (1) e Itabuna (1).

Medidas adicionais de contenção foram tomadas pelo Governador Rui Costa nesta quinta-feira, incluindo extensão da proibição de eventos superiores a 50 pessoas para todo o estado.

O perfil dos pacientes sem fonte de contágio identificável são estes:
• Homem, 29 anos | encontra-se em isolamento domiciliar, adotando as medidas de precaução respiratória e de contato.
• Mulher, 45 anos | encontra-se internada em unidade hospitalar da rede privada
• Homem, 50 anos | encontra-se internado em unidade hospitalar da rede privada

Coronavírus no Brasil

As mortes em razão do novo coronavírus subiram para seis, conforme última atualização divulgada hoje (19) pelo Ministério da Saúde. Já os casos confirmados saíram de 428 para 621 entre ontem e hoje.

São Paulo segue como foco da disseminação do vírus, com 286 casos. Em seguida vêm Rio de Janeiro (65), Brasília (42), Bahia (30), Minas Gerais (29) e Rio Grande do Sul e Pernambuco (28). Além desses estados, foram registrados casos no Paraná (23), Santa Catarina e Ceará (20), Goiás (12), Espírito Santo (11), Mato Grosso do Sul (sete), Sergipe (seis), Alagoas (quatro), Acre e Amazonas (três) e Pará, Tocantins, Rio Grande do Norte e Paraíba (um).

A partir de hoje, o Ministério da Saúde deixará de trabalhar com casos suspeitos, passando a divulgar apenas as situações confirmadas e as mortes decorrentes da doença resultante da infecção pelo novo coronavírus.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui