Agência Sertão

Enquanto todas as atenções no estado da Bahia estão voltadas para o combate a pandemia do novo coronavírus, pacientes que estão na regulação aguardando uma vaga para transferência ou realização de exames em hospitais especializados, vivem momentos de muita aflição e incerteza, é o caso de Eva Maria Rocha dos Santos de 48 anos, residente na cidade de Guanambi.

“Eva do BNH”, como é bastante conhecida na cidade deu entrada no Hospital Geral no dia 03 de março onde realizou tomografia computadorizada, exames de laboratório e demais exames necessários. Logo em seguida foi inserida na regulação e aguarda até o momento transferência para avaliação com cirurgião de cabeça/pescoço e avaliação com um oncologista. De acordo com familiares, a mulher chegou a unidade hospitalar com dor de cabeça e um pequeno inchaço no olho esquerdo e sintomas típicos de uma suspeita de sinusite, contudo após os exames os médicos solicitaram o encaminhamento para especialistas .

Procurada pelo Farol da Cidade, a diretora do HGG, Paula Melo disse a paciente continua regulada aguardando o surgimento de uma vaga em Vitória da Conquista.

Enquanto isso a família que não tem condições de transferi-la para um hospital privado teme que a demora no surgimento de uma vaga via regulação agrave ainda mais o seu estado de saúde e que o pior possa acontecer.

Por: Farol da Cidade

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui