Foto: Agência Sertão

A Câmara de Vereadores de Guanambi decidiu devolver o valor de R$105 mil para que a Prefeitura do município possa promover ações de enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19).

Nesta quarta-feira (1º), a maioria dos vereadores compareceu a uma coletiva de imprensa no auditório da Casa. Na oportunidade, o presidente Zaqueu Rodrigues fez o anúncio do repasse e informou condicionar a utilização dos recursos para a aquisição de cestas básicas. A decisão foi tomada no dia anterior em reunião interna.

Segundo os vereadores, o recurso é suficiente para a comprar cerca de 3.500 cestas básicas e proveniente de economias na administração da Câmara.

Os vereadores debateram as medidas em vigor no município e cobraram que sejam implantadas barreiras sanitárias nas entradas dos distritos. Eles também demonstraram preocupação em relação à falta de leitos em um eventual pico de contaminação na cidade. Até a possibilidade de transformar os gabinetes da Câmara em leitos para tratamento de doentes foi cogitada.

O vereador Agostinho Lira, que também é médico, lembrou que além de espaço físico, é necessário que haja profissionais capacitados para cuidar dos pacientes. Ele sugeriu que além de cestas básicas, sejam comprados equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde.

Também foi sugerido que o valor de R$ 299.400.00, devolvido pelo legislativo ao poder público, referente ao exercício de 2019, seja usado na aquisição de cestas básicas. Este recurso está reservado para compra de equipamentos de ultrassom e daria para adquirir 10 mil cestas básicas.

Os vereadores propuseram ainda a formação de um comitê multissetorial para debater ações de enfrentamento ao vírus e de proteção à economia e às atividades profissionais da população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui