Reprodução

O prefeito Jairo Magalhães, os vereadores Agostinho Lira e Hélio Pereira (Lelé) e o ex-secretário de Saúde André Moitinho se filiaram no PSD na noite desta quarta-feira (1).

A filiação foi realizada na presença do deputado federal Charles Fernandes e deputada estadual Ivana Bastos, além do vice-prefeito Hugo Costa e do vereador Fabrício Lopes, ambos na legenda desde 2016.

Agostinho Lira foi eleito em 2016 pelo PSDB, na mesma chapa do ex-governador Nilo Coelho. No entanto, com a derrota do seu antigo correligionário, ele se aproximou do grupo do prefeito Jairo logo após a posse, tendo sido presidente da Câmara de Vereadores no biênio passado. A aproximação se deu por meio da deputada Ivana Bastos, com quem o médico tem laços familiares e de amizade. Atualmente ele é o líder do Governo na casa legislativa.

Já Lelé era filiado ao PSB, assim como Jairo Magalhães. Ele deixou a secretaria de Agricultura e Meio Ambiente na terça-feira (31) para cumprir o prazo de desincompatibilização e poder concorrer ao seu terceiro mandato. André Moitinho também deixou a pasta que ocupava no executivo municipal, a da Saúde

, para concorrer ao legislativo. Outro que deixou o secretariado foi Hugo Costa.

A filiação de Jairo Magalhães ao PSD indica que o grupo político formado em 2016 permanecerá junto nas eleições de outubro. Com isso, a reedição da disputa da eleição passada deve se repetir este ano, caso seja consenso lançar o atual prefeito à reeleição.

No outro espectro político, Nilo Coelho, que é pré-candidato declarado à prefeitura, recebeu o apoio de três vereadores que estavam até então na base do prefeito Jairo. Carlos Jackson “Loló” (PDT), Fausto Azevedo (PSB) e o presidente da Câmara Zaqueu Rodrigues (PSD) estão em processo de filiação ao Democratas (DEM).

Apesar da pandemia do novo Coronavírus, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve o calendário eleitoral. No próximo sábado (4), vencerá o prazo para filiação partidária e para a desincompatibilização, quando ocupantes de cargos como de secretários municipais devem ser exonerados.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui