Reprodução | Ilustração

A Prefeitura de Caetité editou um novo decreto relacionado às medidas de prevenção ao avanço do novo Coronavírus (Covid-19) na cidade. Com as medidas entrando em vigor nesta sexta-feira (17), lojas poderão abrir apenas uma de suas portas para receber pagamentos de clientes sem permitir que eles entrem nos estabelecimentos e que adquiram novos produtos.

As lojas estão autorizadas apenas ao recebimento de pagamentos. Funcionários deverão usar máscaras e só poderão atender clientes que também estejam usando o item de segurança. Deverá ser disponibilizado o álcool 70º e as filas dever ter distância mínima de um metro e meio entre clientes.

A permissão acontece no mesmo dia em que a Justiça atendeu a um pedido da prefeitura e proibiu a realização de uma carreata em protesto pela abertura do comércio.

A prefeitura também permitiu a abertura parcial da feira livre, que voltará a funcionar a partir da próxima terça-feira (21). Só será permitida a comercialização de produtos alimentícios. As feiras poderão ser realizadas de terça a sexta-feira, com os feirantes trabalhando de modo alternado nestes dias, em grupos que se alternarão a cada semana. Feirantes de outros municípios não estão autorizados em Caetité, mesmo para venda ou revenda.

A Prefeitura diz que irá demarcar os espaços de cada feirante, e que eles deverão usar máscaras de proteção, assim como os clientes, além de disponibilizar álcool 70° para higienização das mãos dos clientes, cujo distanciamento entre si deve cumprir o mínimo de 1,5m. “Para evitar a perda de tempo, não será tolerado o “bate-papo” e permanência de pessoas no entorno das barracas”, diz nota da prefeitura.

O decreto diz ainda que quem descumprir as medidas ou praticar preços abusivos poderão ser penalizados com as medidas administrativas, legais e penais cabíveis.

Bares, restaurantes, pizzarias, lanchonetes e similares e ainda salões de beleza continuam com as mesmas restrições, podendo efetuar o sistema de entrega (delivery) de produtos ou serviços.

Ainda segundo a prefeitura, “aos poucos Caetité vai se adequando à nova realidade da ameaça da Covid-19 e a Prefeitura Municipal vem empreendendo todos os esforços para que toda a nossa população possa continuar a vida comunitária com toda a segurança necessária”

Confira a íntegra do Decreto Municipal

Em Guanambi, desde o último dia 7, lojas de atacado e varejo estão de portas abertas. O prefeito Jairo Magalhães foi contestado pelo Ministério Público e o Conselho Municipal de Saúde recomentou a revogação do decreto que flexibilizou o fechamento do comércio.

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui