Em um vídeo oficial da Prefeitura de Candiba, o Secretário de Saúde do município, Noelio de Souza Júnior, informou que uma pessoa residente no distrito de Pilões testou positivo para o novo coronavírus Covid-19.

O exame foi realizado por meio de teste rápido, nesta segunda-feira (18), após o secretário de Candiba receber uma comunicação do secretário de saúde de Guanambi que teria umas pessoas que saíram do alojamento da empresa de obras de rede de transmissão de energia – Planova, onde estavam em quarentena, sendo uma dessas pessoas de Candiba.

De acordo com Souza, essa pessoa não fugiu, mas voltou para sua residência, após testar negativo no teste rápido realizado pela empresa, na última quinta-feira (14). “Essa pessoa reside em Pilões e faz um trabalho na Planova, como motorista e não estava no alojamento, mas teve contato com essas pessoas”.

Ainda conforme o secretário de Candiba, nesta segunda-feira (18), ele decidiu realizar o teste rápido, novamente em Candiba e essa coleta testou positivo para Covid-19, em duas testagem.

Souza destacou que a respectiva pessoa não apresentou nenhum sintoma da doença e que agora será feita outra coleta para enviar ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/BA), em Salvador. Souza pontua que a testagem no Lacen será mais fidedigna, no entanto, afirma que o teste rápido não é duvidoso e consta como acerto também.

A Secretaria de Saúde informou que essa pessoa vai ficar em monitoramento, em sua residência, pois não vem apresentado nenhum sintoma. E fará o monitoramento da respectiva pessoa e de outras que possivelmente tiveram contato com ele.

Os funcionários da Planova saíram sem permissão e retornaram para suas cidades de origem neste domingo (17), Após 13 colegas testarem positivo para Covid-19 e todos os funcionários da empresa ficarem submetidos a isolamento no alojamento em uma pousada localizada em Guanambi.

As informações foram confirmadas por Manoel Paulo, secretário de saúde de Guanambi, na manhã desta segunda-feira (18). De acordo com o secretário, dos que retornaram para suas cidades, 30 são de Urandi, 1 de Caetité, 2 de Candiba e 1 de Espinosa (MG).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui