Reprodução

Após 13 colegas testarem positivo para Covid-19 e todos os funcionários da empresa de obras de rede de transmissão de energia – Planova ficarem submetidos a isolamento no alojamento em uma pousada localizada em Guanambi, funcionários saíram sem permissão e retornaram para sua cidade de origem neste domingo (17).

As informações foram confirmadas por Manoel Paulo, secretário de saúde de Guanambi, na manhã desta segunda-feira (18). De acordo com o secretário, dos que retornaram para sua cidade cidade, 30 são de Urandi, 01 de Caetité, 02 de Candiba e 01 de Espinosa.

As secretarias de saúde dessas quatro cidades foram informadas sobre o ocorrido, o secretário afirmou que esses homens que saíram do isolamento por suspeita de coronavírus foram registrados.

Um dos profissionais que retornaram para a cidade Candiba, na manhã desta segunda-feira (18), testou positivo para Covid-19 no município. O matéria será coletado e enviado para uma contraprova pelo Lacen-BA.

A Agência Sertão conseguiu contato com um dos funcionários que saíram do alojamento e ele explicou que eles não fugiram, apenas decidiram retornar para sua casa para cumprir o período de quarentena em seus lares. “O medo de ficar lá é maior do que de ficar em casa, são muitas pessoas e ficamos incertos sobre a nossa segurança. Achamos melhor retornar para nossas casas e quem não pode, infelizmente, vão ficar lá”, afirmou um funcionário que não quer ser identificado.

Na manhã desta segunda-feira houve uma denúncia de que os funcionários tinham retornado as atividades, no entanto, segundo a fonte anônima essa informação não chegou para os demais funcionários. Mesmo assim, vídeos enviados para a reportagem da Agência Sertão, mostram caminhão da empresa circulando por estradas rurais próximo à localidade de Pirajá, entre Guanambi e Caetité.

A Agência Sertão, até o momento, não conseguiu contato com o responsável pela empresa na região, ficando o espaço aberto para esclarecimentos.

Funcionários com complicações da Covid-19

Um funcionário das obras de rede de transmissão de energia da empresa Planova está internado no Hospital Nova Aliança, em Guanambi, recebendo cuidados médicos devido às complicações da Covid-19.

O diagnóstico foi feito por meio da realização de um teste rápido, confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde de Urandi, onde provavelmente ocorreu a contaminação.

Conforme apurado pela Agência Sertão, o paciente é um homem de mais de 60 anos, com funções de gestão administrativa na empresa. Ele vinha apresentando sintomas da doença nos últimos dias e procurou atendimento na rede privada. Detalhes sobre o estado de saúde não foram divulgados. Este foi o terceiro caso confirmado por meio de teste rápido entre funcionários da empresa em Urandi.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui