Destaque Guanambi
Foto / Reprodução: Victor Boa Sorte

Mais dois casos de infecção pelo coronavírus (Covid-19) foram confirmados pela prefeitura de Guanambi. Os diagnósticos foram feitos por meio de testes rápido e os pacientes não apresentam sintomas de agravamento da doença.

Agora são 27 casos confirmados pelo município. Destes, 22 foram realizados por meio de testes rápidos e os outros 5 pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Estado (Lacen/BA). No entanto, mais dois casos de exames laboratoriais foram incluídos no último boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). A prefeitura investiga a origem dos diagnósticos, que podem ser guanambienses residentes em outras cidades que forneceram o endereço de nascimento.

Os resultados desta sexta-feira incluíram o primeiro caso fora da sede, em paciente do distrito de Morrinhos, além do primeiro caso no bairro Santo Antônio. Os casos já atingem oito bairros do município.

Segundo o boletim da prefeitura, nenhum dos 27 infectados evoluiu para a forma grave da doença ou precisou de hospitalização. Passados 14 dias da confirmação dos primeiros casos, 18 pacientes foram considerados curados.

Até o momento, dois profissionais de saúde foram testados positivo no município. Outros 118 foram testados negativo. Também foram aplicados testes rápido em 48 idosos moradores da Associação Benemérita de Caridade Lar dos Idosos e o exame convencional em dois deles 2, todos deram resultado negativo. 26 funcionários da instituição também testaram negativo.

Um total de 1.532 pessoas estão sendo monitoradas pelos profissionais da atenção básica. Elas vieram de locais com maior incidência da Covid-19 e foram cadastradas nas barreiras sanitárias nas entradas do município. Outras 2.719 receberam alta do monitoramento. Desde 24 de março, 152.485 veículos e 338.030 pessoas foram abordadas nas barreiras.

No Pronto Atendimento dedicado ao tratamento da Covid, foi realizado o total de 83 atendimentos de pacientes com síndromes gripais.

Ainda nesta sexta-feira (29), a prefeitura publicou um decreto prorrogando até 15 de junho as medidas de isolamento social. Lojas de todos os segmentos continuarão de portas fechadas, mas poderão atender os clientes por serviço de delivery ou por entrega na porta dos estabelecimentos. Salões de beleza e centros de estética poderão funcionar por agendamento de clientes.

Na região, o município de Urandi contabilizou 68 casos. Em Pindaí foram detectados os primeiros cinco casos e em Riacho de Santana, o número de pessoas infectadas saltou para 10.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui