A Paróquia de Santo Antônio oficializou na última semana, o adiamento dos tradicionais festejos ao santo padroeiro da paróquia e do município de Guanambi. A tradicional festa começaria nesta segunda-feira (1º), com o início da trezena e da quermesse na Praça Getúlio Vargas (Praça da Matriz).

Com tudo, existe a possibilidade da festa ser realizada em outra data, dependendo do avançar da pandemia do coronavírus. As duas possibilidades para ocorrer são de 8 a 20 de setembro ou de 3 a 15 de novembro.

Entretanto, a comemoração a Santo Antônio não passará em branco. O Padre João Teles recomendou aos fiéis que mantenham a fé no padroeiro em suas casas. No dia 13, dia do santo, a tradicional celebração será transmitida pela internet e pela Rádio 106FM.

“Para um exercício de fé, piedade e devoção, convidamos vocês, estimados paroquianos e devotos a Santo Antônio, a preparar em suas casas, de 1º a 13 de junho, um altar com a imagem de Santo Antônio e, diante desse altar, reza a Ladainha e o Responsório a Santo Antônio, apresentando algumas importantes intenções, rezando ainda mais pelo fim da pandemia”, disse o pároco em comunicado.

Um roteiro de temas para a trezena foi disponibilizado pela paróquia aos fiéis.

Santo Antônio de Lisboa, ou Santo Antônio de Pádua é o padroeiro da paróquia desde 1870 e do município desde a sua fundação. Ele também é padroeiro de outras dezenas de municípios no Brasil, em Portugal e em outros países.

O santo também é padroeiro dos pobres, mulheres grávidas, casais, pessoas que desejam encontrar objetos perdidos e oprimidos.

 

Responder

Por favor, escreva seu comentário
Digite seu nome aqui