Reprodução

Dois funcionários da Indústrias Nucleares do Brasil  (INB) com sede em Caetité testaram positivo para Covid-19. Os diagnósticos foram realizados por meio de teste rápido feito pela empresa e ainda aguardam contraprova e reconhecimento da Secretária de Saúde de Caetité.

Desde o dia 13 de maio, a testagem rápida para COVID-19 está sendo realizada pela empresa em todos os seus colaboradores, que inclui empregados, estagiários, terceirizados e contratados para serviços eventuais, mesmo que não apresentem nenhum sintoma.

De acordo com o Protocolo de Enfrentamento da COVID-19 nas instalações da INB, os casos confirmados como positivos ( IgM+/IgG+) entram em isolamento imediato de 14 (quatorze) dias. No retorno é realizado novo teste rápido.

Neste Protocolo também foi estabelecido que os contatos próximos identificados entrarão em isolamento por 7 (sete) dias para observação. No caso de não apresentarem sintomas neste período, retornam ao trabalho, sendo realizada nova testagem.

Segundo a assessoria da empresa, a estimativa é que sejam feitos aproximadamente 2 mil exames iniciais em  todas as unidades da empresa.

Na Unidade de Concentração de Urânio em Caetité/BA, foram realizados 249 testes até o dia 02 de junho. Como a empresa atua com efetivo reduzido, os exames estão acontecendo em etapas.

Até o dia 26 de maio, foi realizada a testagem de colaboradores que atuavam, na ocasião, nas instalações da INB com objetivo de manter as atividades essenciais (profissionais de saúde, segurança, transporte, alimentação, manutenção, entre outros).

Entre os dias 20 de maio e 30 de junho serão testados colaboradores em regime de rodízio. O exame será finalizado posteriormente com os demais que retornarem às atividades presenciais. A previsão é que esses testes sejam realizados entre os dias 08 e 30 de junho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui