Hospital Geral de Vitória da Conquista - Divulgação / Sesab

O Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC) teve mais 10 leitos de UTI habilitados para atender aos pacientes da Covid-19. Os novos leitos são para compensar o encerramento do contrato com o Hospital IBR, que fornecia 10 UTI’s e 20 leitos clínicos para a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) até o dia 3 de julho.

Com isso, o Estado voltou a disponibilizar 50 leitos de UTI dedicados ao enfrentamento do Coronavírus. Ao todo, a Regional de Saúde abrange uma população de 1,8 milhão de habitantes, distribuída em 74 municípios.

Dados informados pela Prefeitura de Vitória da Conquista

Neste domingo, após a habilitação dos novos leitos, a taxa de ocupação das UTI’s chegou a 66%. São 33 leitos ocupados e 17 disponíveis. Na última sexta feira eram 32 pacientes e no último sábado havia 28, após algumas altas e óbitos. Além das UTIs, há 46 leitos clínicos dedicados a pacientes com Covid-19. No momento, 70% estão ocupados.

Em todo o Estado são 2.378 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus. Segundo a Sesab, 1.546 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere ao total de leitos de UTI adulto, dos 926 leitos dedicados à Covis-19, 749 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 81%. A região Extremo-Sul da Bahia possui a maior taxa de ocupação, com 100% dos leitos de UTI ocupados, seguida da região Sul, com 85%.

Dos 74 municípios da regional sudoeste, 67 já confirmaram pelo menos um caso de contaminação pelo coronavírus. Ao todo são 3.916 casos registrados. No momento, 66 pacientes de 26 municípios da macrorregião estão internados na rede pública de Vitória da Conquista, lutando contra o coronavírus – Jaguaquara, Jânio Quadros, Iguaí, Malhada de Pedras, Belo Campo, Eunápolis, Itapebí, Valença, Jequié, Planalto, Livramento de Nossa Senhora, Ibicuí, Anagé, Itapetinga, Barra do Choça, Poções, Piripá, Cocos, Itabela, Pedra Azul, Ilhéus, Itabuna, Itajuípe, Wenceslau Guimarães, Divisa Alegre e Guaratinga e Itajuípe.

A maioria dos municípios da região não possuem leitos de UTI. Algumas cidades preparam unidades para anteder os primeiros sintomas e estabilizar pacientes. A transferência ocorre após a liberação das vagas pela central de regulação do Estado.

Desde o início da pandemia, 60 pessoas morreram em tratamento da Covid-19 nos hospitais de Vitória da Conquista, incluindo a rede privada. Entre os habitantes do município já são 23 mortes.

O último óbito confirmado foi de um homem de 57 anos, morador do bairro Espírito Santo. Ele faleceu neste domingo (12) após ser internado no dia 8 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC). A doença agravou seu quadro de Gastropatia Erosiva Aguda e Hipertensão.

Fonte: Prefeitura de Vitória da Conquista

Segundo o último boletim da secretaria municipal de Saúde, desde o início das notificações no município, em 27 de fevereiro, até este domingo, foram confirmados 1.155 casos de pessoas que se contaminaram com a Covid-19. São 910 pessoas consideradas recuperados da doença. Outros 222 seguem apresentando sintomas e permanecem com o vírus ativo (26 internados e 196 em tratamento domiciliar).

Ainda estão sendo investigados 4.851 casos notificados com Síndrome Gripal/suspeita de Covid-19 que aguardam classificação final no e-Sus Notifica, sendo que 4.313 casos possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 538 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui