Foto: Smtran

Os índices de acidentes de trânsito no mês de Julho de 2020 aumentou 55% em comparação com o mês anterior em Guanambi. Os dados são do balanço de acidentes de trânsito da Superintendência de Trânsito de Guanambi (Smtran).

De acordo com os dados, foram registrados 28 acidentes de trânsito no mês de julho envolvendo 33 carros, 11 motocicletas e uma bicicleta, além de uma casa que foi atingida por um dos veículos – sendo quatro vítimas (dois homens e duas mulheres) com ferimentos leves ou graves (fratura exposta por exemplo) e 24 sem vítimas.

Até o mês de julho deste ano, foram registrados um total de 131 acidentes pela Smtran. As colisões com maior frequência em 2020 foram – Lateral: 28, Frontal: 26 e Choque: 27. Além disso, 15 colisões foram registradas como abalroamento (quando dois veículos se colidem na mesma direção) e dois atropelamentos.

O mês com menores ocorrências foi o mês de março, com nove acidentes registrados. Já o mês de julho superou o mês de maio que detinha o maior número de acidentes catalogados pela Smtran, com 26 ocorrências.

Confira:

Janeiro: 23 | Fevereiro: 17 | Março: 9 | Abril: 10 | Maio: 26 | Junho : 18

De acordo com o coordenador da Smtran, Rogério Mota, a maioria dos acidentes registrados ocorreu por falta de atenção dos condutores. Segundo ele, 90% dos registros ocorreu em locais devidamente sinalizados com placa de regulamentação.

Os últimos acidentes de trânsito em Guanambi foram registrados nesta quinta-feira (6) – duas colisões envolvendo cinco veículos.

Sábado violento nas estradas da Região de Guanambi

O sábado foi de violência nas rodoviais e estradas vicinais da região de Guanambi. As equipes do Samu e do DPT tiveram bastante trabalho e as tragédias abalaram o fim de semana.

Um motociclista morreu na madrugada deste domingo (9), após sofrer um acidente no final da tarde de sábado na BR-122, próximo a Guanambi.

Em Pindaí, uma adolescente de 16 anos morreu após cair de um cavalo em uma estrada vicinal na região da Tábua, zona rural do município. O acidente ocorreu no fim da tarde e a vítima morreu logo ao dar entrada no Hospital Municipal.

Em Caculé, um jovem natural de Brumado morreu após bater sua motocicleta contra um automóvel. Ele chegou a ser socorrido para o hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

Em Palmas de Monte Alto, um professor de 56 anos morreu após perder o controle de seu Jeep na BR-030, cair do veículo e ser atropelado por um veículo que trafegava pela pista. Um passageiro do veículo também ficou ferido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui