Reprodução

Um decreto publicado na edição desta quarta-feira (2) do Dário Oficial do Estado da Bahia ampliou o limite do número de pessoas permitidas em eventos na Bahia. A regulamentação atualiza a permissão para atividades que envolvem aglomeração de pessoas com a presença de até 100 pessoas, desde que previamente autorizados.

A medida assinada pela gestão estadual, na prática, amplia a permissão para realização de eventos desportivos, cultos religiosos, shows, feiras, circos, eventos científicos, passeatas aulas em academias de dança e ginástica de 50 para 100 pessoas. No entanto, a ampliação do limite fica a critério de cada prefeitura decidir se adota ou não a medida.

O governo não justificou previamente a medida ou anunciou com antecedência as alterações. Em coletiva nesta manhã, o governador comentou que pretende ir progredindo nas liberações, de acordo com o recuo da doença. “Estamos dando passo a passado, liberando atividades, para poder ir monitorando. Paulatinamente, e depois aumentando um pouco. Vamos avaliando. Fazendo isso progressivamente. Com o passar dos dias, vamos avaliando, subindo de acordo com a evolução da doença. Os números de óbitos são descendentes”, disse.

A queda na taxa de transmissão da Covid-19 foi o que justificou a publicação do decreto que amplia o limite de pessoas permitido em eventos realizados na Bahia. A medida, assinada pelo governador Rui Costa (PT), foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (2). Ela aumenta de 50 para 100 o número máximo de pessoas em eventos desportivos, cultos religiosos, shows, feiras, circos, eventos científicos, passeatas e aulas em academias de dança e ginástica).

“O que explica é o fato de que aqui na região Leste, principalmente, ter havido uma redução da taxa de transmissão, principalmente para entorno e abaixo de 1% e isso permite que a gente comece a permitir alguns tipos de reuniões desde que respeite as regras de distanciamento entre as pessoas”, disse o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, em coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje. Na ocasião, o governador entrega a reforma e modernização da Unidade de Emergência de Pirajá, que passará a ser referência em emergência pediátrica, em Salvador.

A aplicação da ampliação, no entanto, está submetida à avaliação de cada prefeitura. As gestões municipais são responsáveis por regulamentar atividades durante a pandemia.

Fonte: Bahia Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui