Reprodução

Em números absolutos, a Bahia teve 512 pessoas mortas por policiais da ativa no primeiro semestre de 2020, o que coloca o estado na terceira posição entre as unidades da federação com mais casos de pessoas mortas pela polícia.

Quando se analisa o índice de mortos por 100 mil habitantes, a Bahia aparece em quarto lugar: são 3,4 por 100 mil habitantes, atrás de Sergipe (4,6/100 mil), Rio de Janeiro (4,5/100 mil) e Amapá (8,1/100 mil). A média nacional é de 1,5 mortes por 100 mil habitantes.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (3) pelo Monitor da Violência, levantamento feito pelo G1 com base nos dados oficiais de 25 estados e do Distrito Federal. Apenas Goiás se recusou a passar os dados.

Ao menos 3.148 pessoas foram mortas por policiais no primeiro semestre deste ano em todo o Brasil. O número é 7% mais alto que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram contabilizadas 2.934 mortes.

O estudo ainda aponta que também houve alta nos casos de policiais que morreram em serviço e fora de serviço, nos primeiros seis meses deste ano. Foram 103 policiais mortos, contra 83 no ano passado, o que representa um aumento de 24%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui