Foto: Blog do Latinha

O diretório municipal do Partido dos Trabalhadores (PT) de Guanambi definiu os pré-candidatos da chapa majoritária que irá concorrer à prefeitura de Guanambi. A definição ocorreu durante reunião ampliada, realizada nesta quinta-feira (3), com os pré-candidatos a vereadores, os dirigentes da direção municipal, militantes e os representantes do PSB (Partido Socialista Brasileiro)

O lançamento da chapa própria para as eleições de 2020 tem as pré-candidaturas da agente comunitária de Saúde Valda ACS (PT) para prefeita e do médico Luia Lélis (PSB) para vice-Prefeito. Segundo o Blog do Latinha, a convenção partidária virtual será realizada no dia 13.

No evento, o PT também oficializou a chapa de candidatos a vereador: Maria do Socorro, Betinho, Ginalva, Gilmar do PT, Dori Lobo, Carla, Jarbas, Leandro Pimentel, Latinha, Iana Rocha, Mateus, Léo Pintor, Bete, Mílton, Pastor Marivaldo, Valter Igor, Maciel Sindicalista, Nene da Angelita e Rogéria.

Ao discursarem, a pré-candidata a Prefeita Valda ACS e o pré-candidato a vice-prefeito Dr. Luia destacaram os importantes investimentos sociais e econômicos dos Governos Lula, Dilma, Wagner e Rui em Guanambi e região e a necessidade da implantação de um governo democrático, transparente e participativo, que priorize as áreas de educação, saúde, infraestrutura e cultura, reduzindo as desigualdades e gerando mais empregos para a população.

Segundo os pré-candidatos, a prioridade será os investimentos sociais nas comunidades mais carentes dos bairros, dos distritos e da zona rural.

Até o momento, além da Chapa Valda e Luia (PT-PSB), já foi anunciada a chapa de Nilo Coelho com o vereador Nal como pré-candidato a vice. Nos próximos dias, o prefeito Jairo Magalhães (PSD) irá definir com seu grupo quem será seu candidato a vice. O mais provável é que o vice-prefeito Hugo Costa componha novamente a chapa.

As eleições serão realizadas no dia 15 de novembro. O adiamento ocorre em função da pandemia do coronavírus e acarretou mudanças no calendário eleitoral. Os partidos terão até o próximo dia 16 para realizar as suas convenções. As candidaturas deverão ser registradas até o dia 26 e a campanha eleitoral será liberada a partir do dia 27.

Nas Eleições Municipais de 2020, pela primeira vez, candidatos ao cargo de vereador não poderão concorrer por meio de coligações. O fim das coligações na eleição proporcional foi aprovado pelo Congresso Nacional por meio da reforma eleitoral de 2017. Com isso, o candidato a uma cadeira na câmara municipal somente poderá participar do pleito em chapa única dentro do partido ao qual é filiado.

Para o cargo de prefeito, continua sendo possível a união de diferentes partidos em apoio a um candidato.

Nilo e Nal

O nome do vereador Arnaldo Azevedo (PSDB), o Nal, foi confirmado como pré-candidato a vice-prefeito na chapa do ex-governador e ex-prefeito Nilo Coelho (DEM), que irá disputar a eleição municipal de Guanambi.

O anúncio foi feito durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais, realizada na noite desta quinta-feira (3). A live do lançamento oficial da pré-candidatura foi transmitida na página de Nilo Coelho no Facebook.

A convenção que irá formalizar as candidaturas será realizada no próximo dia 12, quando também serão referendas as coligações para a disputa majoritária e as candidaturas às vagas de vereador.

A apresentação na internet contou com a participação de vereadores, pré-candidatos, deputado federal Arthur Maia, deputado estadual Vitor Bonfim, lideranças políticas, como o ex-deputado estadual Luiz Augusto, a ex-prefeita Sizalta Donato e o ex-prefeito Ariovaldo Boa Sorte, entre outras personalidades conhecidas no meio político e empresarial da cidade, como o pecuarista Luis Carlos Fernandes e o empresário Felipe Duarte.

O nome do vereador de 40 anos já era cogitado há bastante tempo na cidade e a oficialização da pré-candidatura foi comemorada pelos aliados políticos de Nilo Coelho. O vereador Nal está em seu primeiro mandato na Câmara de Vereadores e ganhou notoriedade ao doar mensalmente todo o seu subsídio de vereador para instituições da cidade, além de ter liderado a oposição ao prefeito Jairo Magalhães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui