Agência Sertão

A prefeitura de Guanambi prorrogou até o dia 5 de outubro, o decreto que estabelece medidas temporárias e emergenciais de prevenção do contágio pelo coronavírus. A publicação disponível no Diário Oficial desta terça-feira (22) não traz mudanças em relação ao decreto publicado no dia 11 de setembro.

Continuam suspensas as atividades escolares, bem como os cursos de capacitação na rede pública e privada, nos ensinos fundamental, médio e universitário que forem presenciais.

No entanto, continua sendo permitida aulas presenciais no ensino infantil e fundamental, para crianças e adolescentes portadores de especialidades ou dificuldade de aprendizagem que necessitem de atendimento especializado. A respectiva permissão se estende ao ensino superior, para as áreas de saúde no que se referem as aulas práticas (estágios), em espaços de saúde da rede própria, pública e privada.

Também continua suspensa a realização de todas as atividades e/ou eventos, seja em qualquer ordem ou dimensão, compreendidos dentre outros os eventos esportivos, boates, cinema, espetáculos de qualquer natureza, shows, atividades de clubes de serviço e lazer e serviços de convivência social.

Serviços essenciais funcionam com adoção de meditas preventivas, incluindo lojas de atacado e varejo, salões de beleza, centros de estética, entre outros.

Bares Restaurantes e Lanchonetes

O setor de alimentação vai continuar com o funcionamento das 6h até as 23 horas, sendo vedada a utilização de som ambiente, seja com performances ao vivo ou mecânicas. Os estabelecimentos deverão respeitar a lotação mínima de 6,25m² por pessoa, de acordo com a metragem do espaço destinado ao consumo, até um limite máximo de 50 pessoas simultaneamente.

Hotéis e Motéis

Os hotéis, pousadas e motéis continuam podendo funcionar com 50% de sua capacidade total de hospedagem. Entre outras medidas, fica proibida a abertura das áreas sociais e de convivência, tais como sala de jogos, academias e piscinas. Os proprietários dos estabelecimentos deverão informar à secretaria de Saúde caso algum dos hóspedes apresente sintomas semelhantes aos da Covid-19.

Igrejas e Academias

As igrejas também continuam com funcionamento liberado. Os cultos e celebrações também deverão ter a frequência delimitada nos templos, na mesma metragem dos serviços de alimentação, com limite máximo de 50 pessoas simultaneamente.

As academias também continuarão a funcionar nas mesmas condições dos protocolos adotados nas flexibilizações anteriores.

Casos da Covid-19 em Guanambi

Ao todo, o município registra 529 casos, sendo que 506 pacientes são considerados recuperados. O número de casos ativos caiu de 27 para 20. Três pacientes morreram e quatro estão hospitalizados.

Foram registrados 68 casos na semana anterior, o maior número acumulado desde o início da pandemia. A média foi de 9,7 casos por dia. A semana finalizada em 22 de agosto era até então o pico de número de casos, com 63 casos.

Nos três primeiros dias da atual semana, o acumulado é de cinco casos.

A prefeitura também passou a divulgar a média móvel de casos dos últimos sete dias. Esta média está atualmente em 4,3.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui