Divulgação | Setre

A Rede SineBahia vai realizar a intermediação de mão de obra para a implantação do Complexo Jacarandá, em Juazeiro, no extremo norte do estado. O termo de cooperação técnica para a seleção de trabalhadores foi assinado nesta terça-feira (22), pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte da Bahia (Setre) e a Snef Brasil, empresa responsável pela construção do equipamento.

A expectativa é que sejam ofertadas inicialmente 720 vagas de empregos diretos, com o compromisso de que 60% das contratações sejam de profissionais da região. As vagas serão preenchidas por meio da convocação de trabalhadores já cadastrados nas unidades do SineBahia da região. “É mais uma obra que sinaliza a retomada e expansão da atividade econômica no estado”, destaca o titular da Setre, Davidson Magalhães.

A usina solar de Jacarandá terá capacidade instalada de 187 MWp e contará com mais de 450 mil módulos. De acordo com o consumo médio de uma família brasileira, a quantidade de energia gerada seria suficiente para atender a uma cidade de 750 mil habitantes. Além disso, o complexo irá evitar a emissão de aproximadamente 35 mil toneladas de CO2 por ano, volume comparado à retirada de circulação de 36,8 mil veículos das ruas de São Paulo. A previsão é que o complexo esteja em funcionamento no final de 2021.

Atualmente, a Bahia é líder na geração de energia solar, tendo fechado o ano de 2019 com 33,7% da produção nacional, segundo dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE).

Fonte: Ascom/Setre

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui