Reprodução

Os clubes sociais poderão reabrir suas portas para receber seus sócios a partir da próxima semana em Guanambi. Um novo decreto com medidas de prevenção ao contágio pelo coronavírus foi publicado nesta sexta-feira (25), retirando a proibição de funcionamento.

A reabertura deve ocorrer somente a partir do início da semana, quando um portaria regulamentadora for publicada com as regras para que os associados voltem a frequentar os espaços de uso comum das agremiações. Serão tomadas algumas medidas, como limitação da capacidade de frequência e medidas de higienização dos espaços.

Decreto municipal 864 de 25 de setembro de 2020
Art. 9º. Fica autorizado o funcionamento dos Clubes Sociais, prestadores de serviços
de lazer, que ficarão restritos ao funcionamento de 30% de sua capacidade.

Parágrafo Único. O seu funcionamento efetivo e regulamentação de expediente será disciplinada por Portaria do Chefe do Poder Executivo Municipal.

Os pedidos para reabertura partiram de usuários e gestores destes clubes e formalizados junto ao Comitê de Enfrentamento ao coronavírus, que avaliou o cenário como positivo para reabertura, devido à queda do número de casos ativos nos últimos dias.

Este foi o segundo decreto publicado nesta semana com o mesmo teor. O primeiro foi publicado na última terça-feira(22),  prorrogando a suspenção das aulas e proibindo a realização de eventos de qualquer natureza até o dia 5 de outubro.

Flexibilização em Guanambi

Continuam suspensas as atividades escolares, bem como os cursos de capacitação na rede pública e privada, nos ensinos fundamental, médio e universitário que forem presenciais.

No entanto, continua sendo permitida aulas presenciais no ensino infantil e fundamental, para crianças e adolescentes portadores de especialidades ou dificuldade de aprendizagem que necessitem de atendimento especializado. A respectiva permissão se estende ao ensino superior, para as áreas de saúde no que se referem as aulas práticas (estágios), em espaços de saúde da rede própria, pública e privada.

Também continua suspensa a realização de todas as atividades e/ou eventos, seja em qualquer ordem ou dimensão, compreendidos dentre outros os eventos esportivos, boates, cinema, espetáculos de qualquer natureza e shows.

Serviços essenciais funcionam com adoção de meditas preventivas, incluindo lojas de atacado e varejo, salões de beleza, centros de estética, entre outros.

O Parque da Cidade foi reaberto e o funcionamento obedece a uma portaria específica para tentar garantir o distanciamento social.

Bares Restaurantes e Lanchonetes

O setor de alimentação vai continuar com o funcionamento das 6h até as 23 horas, sendo vedada a utilização de som ambiente, seja com performances ao vivo ou mecânicas. Os estabelecimentos deverão respeitar a lotação mínima de 6,25m² por pessoa, de acordo com a metragem do espaço destinado ao consumo, até um limite máximo de 50 pessoas simultaneamente.

Hotéis e Motéis

Os hotéis, pousadas e motéis continuam podendo funcionar com 50% de sua capacidade total de hospedagem. Entre outras medidas, fica proibida a abertura das áreas sociais e de convivência, tais como sala de jogos, academias e piscinas. Os proprietários dos estabelecimentos deverão informar à secretaria de Saúde caso algum dos hóspedes apresente sintomas semelhantes aos da Covid-19.

Igrejas e Academias

As igrejas também continuam com funcionamento liberado. Os cultos e celebrações também deverão ter a frequência delimitada nos templos, na mesma metragem dos serviços de alimentação, com limite máximo de 50 pessoas simultaneamente.

As academias também continuarão a funcionar nas mesmas condições dos protocolos adotados nas flexibilizações anteriores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui