Foto: André Fofano

Caprinos e ovinos são animais adaptados ao semiárido e as práticas de manejo são simples e fáceis de serem realizadas, mas para que a carcaça do animal tenha valor de mercado é preciso que os produtores incorporem uma rotina diária de cuidados. Pensando nisso, o Governo do Estado, por meio do projeto Bahia Produtiva, está realizando uma série de ações para fortalecer a ovinocaprinocultura na Bahia e, nesta semana, lançou uma cartilha com orientações sobre cuidados básicos na criação de caprinos e ovinos.

De forma simples, objetiva e acessível, a cartilha contém dicas de como organizar o criatório e ter um bom rebanho. Como escolher os reprodutores e as matrizes, sobre reprodução, quais são os cuidados com as crias, práticas de manejo, controle zootécnico, alimentação, vermifugação e vacinação. O material está disponível no site www.car.ba.gov.br.

A engenheira agrônoma e especialista em Caprinos e Ovinos do Bahia Produtiva, Carina Cezimbra, explica que a cartilha é uma forma de levar, ao produtor de caprinos e ovinos, informações básicas que vão melhorar o rendimento da produção dos animais: “São práticas sanitárias, como cura de um umbigo, práticas de reprodução, como a escolha das matrizes e dos reprodutores e práticas alimentares, como armazenamento e conservação de forragem. Esperamos que esses agricultores utilizem esse material e adotem essas tecnologias que indicamos, para obterem um bom rendimento e um bom manejo do rebanho”.

O Bahia Produtiva está investindo R$57 milhões neste sistema produtivo. Os recursos estão sendo aplicados em 109 empreendimentos, beneficiando diretamente 3.600 famílias, com capacitação e assistência técnica na base produtiva e apoio à gestão dos empreendimentos.

O projeto é executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.

Baixa a cartilha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui