31.3 C
Guanambi
25.9 C
Vitória da Conquista

Festa em motel acaba com integrante do “Baralho do Crime” morto em Porto Seguro

9,088FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever

Últimas Notícias

Mais Lidas

Advertisement

A Polícia Civil de Porto Seguro (BA) investiga a morte de dois homens dentro de um motel localizado às margens da BR-367. Os investigadores já sabem que a dupla participava de uma “festa” com mais um rapaz e seis mulheres, na madrugada de sábado (21).

Wesley Luiz Nascimento Silva, 22 anos, o “Diamante” e Ivan Gomes da Silva, 23 anos, também conhecido como “Caveirinha”, foram encontrados com um tiro na cabeça. Os dois eram acusados de diversos crimes na região Sul da Bahia.

“Diamante”, inclusive, era um dos suspeitos de ter participado do assassinato do cabo da Polícia Militar Clodoaldo Mendes Santos Júnior, 40 anos. O policial foi executado a tiros, na noite de 13 de setembro, quando chegava em casa com a namorada.

Acusado de homicídios e outros crimes na região de Porto Seguro, Wesley figurava no Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública da Bahia, como o 4 de Ouro, desde abril de 2018. Já “Caveirinha” havia sido preso em julho de 2019, suspeito de roubar R$ 70 mil de uma casa de shows. Ele também era investigado por roubo a caixas eletrônicos. Os dois eram membros de uma facção criminosa e possuíam mandados de prisão.

SUICÍDIO?

- Advertisement -

O homem que estava no motel junto com a dupla confirmou à Polícia Civil que estava no estabelecimento com “Caveirinha”, “Diamante” e as mulheres, que, de acordo com ele, fugiram durante um cerco policial montado para tentar capturar a dupla. Ele declarou ainda que, quando um dos bandidos percebeu a aproximação de uma guarnição da Polícia Militar, ficou com receio de ser preso e atirou na cabeça do amigo e, depois, cometeu suicídio.

A PM confirmou que uma equipe havia se deslocado ao motel para verificar denúncia de uma festa com traficantes. Pouco tempo depois de realizar o cerco, os policiais ouviram os tiros. A polícia Civil confirmou que os corpos passarão por perícia com exame de pólvora combusta nas mãos e roupas.

O carro, a arma e demais objetos recolhidos durante o levantamento cadavérico também passarão por perícia. As imagens do circuito de segurança do motel já foram recolhidas.

* Via Aratu On

Destaques Festa em motel acaba com integrante do "Baralho do Crime" morto em...

Deixe uma resposta

Relacionadas