20.9 C
Guanambi
16.1 C
Vitória da Conquista

Morador encontra vazamento de esgoto poluindo o riacho do Belém em Guanambi

9,094FãsCurtir
15,413SeguidoresSeguir
261SeguidoresSeguir
823InscritosInscrever
Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.

Últimas Notícias

Mais Lidas

Advertisement

Na manhã desta quinta-feira (14), um morador do bairro Sandoval Moraes, em Guanambi, localizou e denunciou um vazamento na rede de esgoto da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), às margens do riacho do Belém. Em vídeo divulgado nas redes sociais, o morador mostra o esgoto jorrando por um dos pontos de visita da rede e escorrendo para o leito do curso d’água. O vazamento ocorria próximo a uma ponte, nas proximidades do Ginásio Municipal.

Ele disse que estava sentido o odor do esgoto há alguns dias e resolveu investigar a origem. Relatou também suspeitar que haja mais vazamentos em outros pontos do riacho, pois sentiu o mesmo odor nas proximidades do Parque da Cidade.

Diante do vídeo e das informações do morador, a Agência Sertão entrou em contato com o escritório local da Embasa. A empresa enviou uma equipe ao local para identificar e corrigir o problema. Segundo o responsável pelo serviço, o extravasamento estava ocorrendo devido a uma obstrução na rede. Após acessar o local, a equipe realizou a remoção de uma quantidade de terra que impedia a passagem do esgoto.

Ainda segundo o escritório, a Embasa realiza vistoria periódica em toda a rede para identificar e interromper eventuais vazamentos, mais comuns após chuvas expressivas, como a que caiu na manhã da última terça-feira (12).

- Advertisement -

Vazamento foi interrompido após o trabalho de uma equipe da Embasa

A Prefeitura de Guanambi informou que vai intensificar a fiscalização com a finalidade de notificar a Embasa para que trabalhe de forma preventiva a impedir a contaminação do leito do riacho com o esgoto captado dos imóveis.

O serviço de coleta e tratamento de esgoto é aplicado em cerca de 60% dos imóveis do perímetro urbano. A empresa cobra o equivalente a 80% do valor da conta de água para coletar, bombear e tratar na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), e só assim devolver a esgoto tratado ao curso rio Carnaíba de Dentro, pouco abaixo do desague do riacho do Belém.

Embasa informou interrupção temporária no fornecimento de água

A Embasa emitiu um comunicado, na manhã desta quinta-feira (14), informando a interrupção no fornecimento de água em Guanambi, no distrito de Mutãs, em Pajeú do Vento e outras cidades da região.

O abastecimento ficará temporariamente interrompido na próxima sexta-feira (15), a partir das 8h. A previsão da Embasa é que o fornecimento seja gradativamente retomado às 21h do mesmo dia.

Os demais municípios que ficarão sem o abastecimento temporário são – Candiba, Matina e Palmas de Monte alto.

De acordo com a Embasa, a medida será necessária para manutenção preventiva de lavagem do reservatório da estação de bombeamento de água tratada – número 3, do sistema da Adutora do Algodão. A empresa recomenda a utilização criteriosa da água armazenada nos reservatórios domiciliares.

 

Destaques Morador encontra vazamento de esgoto poluindo o riacho do Belém em Guanambi

Deixe uma resposta

Relacionadas