22.9 C
Guanambi
17 C
Vitória da Conquista

Prefeitura de Guanambi proíbe venda de bebidas alcoólicas a partir desta quarta-feira

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




A Prefeitura de Guanambi prorrogou as medidas restritivas de combate ao coronavírus até 7 de junho. Em novo decreto publicado nesta terça-feira (1º), o prefeito Nilo Coelho (DEM) resolveu proibir a venda de bebidas alcoólicas no município até a próxima segunda-feira (1º). As restrições começam às 19h30 desta quarta-feira (2) e seguem até às 5 da próxima segunda-feira (7).

No mesmo período, os restaurantes e lanchonetes, inclusive os localizados no Mercado Municipal, só poderão funcionar na modalidade de entrega em domicílio (delivery) ou entrega na porta do estabelecimento.

A medida pretende evitar a formação de novas aglomerações e desestimular a ida de pessoas a bares e restaurantes para consumir bebidas alcoólicas durante o feriado de Corpos Chisti, na próxima quinta-feira (3).

As atividades religiosas estão permitidas, desde que atendidas as exigências sanitárias. As demais medidas permanecem sem alterações.

As restrições ocorrem após o aumento expressivo no número de casos da doença e a eminencia de um novo colapso no sistema de saúde do Município e do Estado. Segundo o boletim epidemiológico desta segunda-feira (31), 47 guanambienses estão internados com a Covid-19.

O Hospital de Campanha (UniFG) atingiu 100% de capacidade. No Hospital Municipal e no Pronto Atendimento da Covid-19 restam poucos leitos. Nos últimos sete dias, em média, 122 pacientes procuraram por atendimento médico relatando sintomas da doença. Além disso, a espera por regulação para leitos de Unidade de Terapia Intensiva UTI) segue crescendo.

Em Guanambi, Caetité e Brumado, todos os leitos estão ocupados. Os três municípios têm juntos 40 leitos de UTI para tratamento da Covid-19. Em Vitória da Conquista, a taxa de ocupação também permanece alta.




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -