21.4 C
Guanambi
15.9 C
Vitória da Conquista

Guanambi registrou 518 casos e dez óbitos por Covid-19 na semana

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




O município de Guanambi voltou a registrar um novo recorde semanal de casos da Covid-19 após a divulgação dos números desde sábado (12). Foram 518 casos nos últimos sete dias, doze a mais do que o registrado há duas semanas e 46% a mais do que da semana anterior.

O recorde diário de casos também foi registrado esta semana, na terça-feira (8), com 117 casos, quase alcançado no dia seguinte, com mais 116 confirmações.

Além disso, durante a semana, Guanambi superou a marca de 8.500 casos da Covid-19, valor que corresponde a 10% da população do município. O número provavelmente é maior, tendo em vista a subnotificação entre pessoas assintomáticas que não sabem que tiveram contato com o vírus.

Levando em consideração as datas das confirmações, nos últimos sete dias houve um novo recorde semanal de mortes em decorrência da doença, dez no total, com média de 1,43 por dia. Em uma semana, o número de mortes equivale a 10,6% de todos os registros desde agosto de 2020, quando ocorreu o primeiro óbito de paciente de Guanambi com a Covid-19.

São ao todo 8.664 casos confirmados e 94 mortes. No momento, 399 pacientes estão ativos com o vírus e outros 489 com suspeita da doença aguardando o resultado dos exames para completar o diagnóstico.




Até o momento, maio foi o mês com mais casos, 1.509 no total, seguido de março, com 1.481 e abril, com 1.040. Em relação a óbitos, março ainda é o mês com mais registros, foram 25 mortes em 31 dias. Nos dois meses seguintes houve queda nos registros, mas com estabilização em um patamar bastante alto. Em abril foram 17 mortes e em maio foram 16.

Dados até 13 de junho

A taxa de mortalidade da doença no município chegou a 110,5 por 100 mil habitantes. O número segue abaixo da média do estado, de 150,8 por 100 mil habitantes, e menos da metade da média nacional, de 231,4 mortes por 100 mil habitantes.

A taxa de letalidade, relação entre o número de casos e de óbitos, subiu nas últimas semanas, porém também continua abaixo das médias estaduais e municipais. Do total de contaminados em Guanambi, 1,09% evoluiu a óbito. Na Bahia, a letalidade média é de 2,11% e em todo o país a média é de 2,8%.

Com o avanço da vacinação, o percentual de pessoas idosos entre as vítimas da Covid-19 caiu consideravelmente. Em março, 72% das vítimas tinham mais de 70 anos e em maio foram 25%. No mês atual, antes do fim da primeira quinzena, 33% das mortes ocorreram nesta faixa etária. Além da vacinação, a agressividade das novas cepas do coronavírus pode estar relacionada à queda de idade média das vítimas.

Dados até 13 de junho

Do total de 43 pacientes de Guanambi que estavam internados neste sábado, 20 estavam em UTI ou aguardando regulação. Desde total, apenas 20% era de pacientes idosos.




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -