22.9 C
Guanambi
17 C
Vitória da Conquista

Vigilância Sanitária de Guanambi autuou Bares que descumpriram Decreto

- Advertisement -

Últimas Notícias

- Advertisement -




Por estarem funcionando fora das regras permitidas pelo decreto e portaria vigentes em Guanambi, dois bares foram autuados pelo Departamento de Fiscalização da Vigilância Sanitária.

De acordo com a Assessoria de Comunicação (Ascom) da Prefeitura, trata-se de um bar localizado na Avenida Petrônio Portela e um outro no bairro Belo Horizonte, sendo que a reincidência no descumprimento poderá levar os estabelecimentos a serem interditados e os proprietários responsabilizados em várias instâncias legais.

Os respectivos bares foram flagrados promovendo aglomerações no último domingo (8), em desacordo com as normas sanitárias de prevenção contra a Covid-19.

Apesar do Decreto Municipal nº 397, publicado em 27/07 ter ampliado a flexibilização de algumas atividades comerciais, a Portaria nº 25 de 12 de julho de 2021 do Chefe do Poder Executivo limita o atendimento em bares e restaurantes a 50 pessoas, além de limitar a 4 pessoas cada mesa, sendo que deve haver o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as mesas, deve-se servir tão somente quem estiver sentado, além de outras limitações para o regular funcionamento dos empreendimentos.

A Prefeitura de Guanambi publicou um novo decreto nesta segunda-feira (9) aumentando a permissão da presença de 50 para 100 participantes nos eventos, tais como cerimônias de casamento, eventos urbanos e rurais em logradouros públicos ou privados, circos, parques de exposições, solenidades de formatura, passeatas e afins, funcionamento de zoológicos, museus, teatros e afins. No entanto, continua suspensa a realização de shows, independentemente do número de participantes, até 16 de agosto de 2021.

União de Bares e Restaurantes pede proibição de música ao vivo

Diante do receio por um eventual novo aumento no número de casos da Covid-19 e da necessidade de um fechamento total do setor, a União dos Bares e Restaurantes de Guanambi, entidade que representa alguns dos estabelecimentos do setor, tomou a iniciativa por conta própria de solicitar ao prefeito Nilo Coelho que proceda com a proibição das apresentações musicais nos bares e restaurantes.

Eles justificaram o pedido por conta dos registros de aglomeração no fim de semana, amplamente divulgado nas redes sociais.

Desde 12 de julho, um decreto permitiu a realização de apresentações musicais nos bares e restaurantes, depois de longo tempo de proibição.




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -