27.8 C
Guanambi
21.9 C
Vitória da Conquista

Governo da Bahia vai leiloar 126 lotes de bens públicos

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -




A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (18), o Edital Saeb 04/2021, para leiloar 126 lotes de bens públicos, avaliados em R$ 836 mil. Serão apregoados veículos, itens de escritório, material de informática, equipamentos eletrônicos, dentre outros. O lote com preço mais alto do certame é um Ford Focus 2013, com lance inicial de R$ 39,5 mil.

O período para visitação dos bens iniciará no dia 23 deste mês. Os itens estão à disposição para vistoria em Salvador, Feira de Santana e Teixeira de Freitas. O leiloeiro Rudival Almeida Gomes Junior foi escolhido por sorteio eletrônico para comandar o certame. O leilão será do tipo maior oferta ou lance, ou seja, aquele que oferecer o valor mais alto arremata o lote.

Os interessados podem conhecer todos as regras do Leilão acessando o Edital 04/2021, no site Comprasnet.Ba (www.comprasnet.ba.gov.br). Os bens apregoados também estão dispostos no website do leiloeiro oficial www.rjleiloes.com.br, por onde será realizado o leilão, no dia 3 de setembro, a partir das 9h.

Para participar, os interessados devem realizar seus cadastros no website do leiloeiro em até 48 horas antes do início do leilão. Depois de realizar suas inscrições, os participantes poderão oferecer lances de forma antecipada nos lotes, dez dias antes do certame, eletronicamente, utilizando o mesmo site.

Dentre os 126 lotes do certame, 86 são compostos por veículos. Vão ser apregoados carros de passeio, utilitários e motocicletas. O Leilão possui também lotes compostos por móveis de escritório, aparelhos eletrônicos, equipamentos elétricos, computadores, dentre outros. O lote mais barato tem lance inicial de R$ 200, compostos por itens de escritório.

No ato de arrematação, os licitantes deverão realizar o pagamento integralmente, à vista, por transferência ou depósito bancário, conforme orientações do leiloeiro. O licitante vencedor também pagará ao leiloeiro a comissão de 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação.

Fonte: Ascom/Saeb




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -