24.1 C
Guanambi
19.3 C
Vitória da Conquista

Campanha de vacinação antirrábica acontecerá nos próximos dois sábados em Guanambi

- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

A Prefeitura de Guanambi, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, inicia neste final de semana, na sede do município, a campanha de vacinação de cães e gatos contra a raiva.

Entre 31 de agosto e 24 de setembro, a campanha de vacinação foi destinada apenas à zona rural, para então ser divulgado o cronograma da sede. A vacina tem validade de um ano e é essencial para prevenir a raiva.

Parte das unidades de saúde terá vacinação neste sábado (25), outra parte no dia 2 de outubro.

Confira o cronograma:

25 de setembro (sábado)

Das 08h às 16h:

PSF Beija-Flor
PSF Alto Caiçara
PSF Brasília
PSF Paraíso
PSF Monte Pascoal
PSF Alvorada
PSF Lagoinha
PSF Vomitamel

02 de outubro (sábado)
Das 08h às 12h:

PSF BNH
PSF São Sebastião
PSF São Francisco
Centro Industrial
PSF Santo Antônio
Praça do Feijão
Santa Catarina
Residencial Monte Azul
Residencial dos Pássaros

02 de outubro (sábado)
Das 14h às 17h

PSF Ipiranga
PSF Vila Nova
Polimeg
1º Centro
Novo Horizonte
Belo Horizonte
Sítio Vomitamel
Residencial Massaranduba
Aroeira e Gurungas

Raiva

A raiva é uma zoonose viral, que se caracteriza como uma encefalite progressiva aguda e letal. Todos os mamíferos são suscetíveis ao vírus da raiva e, portanto, podem transmiti-la. A doença apresenta dois principais ciclos de transmissão: urbano e silvestre, sendo o urbano passível de eliminação, por se dispor de medidas eficientes de prevenção, tanto em relação ao ser humano, quanto à fonte de infecção.

A transmissão da raiva se dá pela penetração do vírus contido na saliva do animal infectado, principalmente pela mordedura, arranhadura, lambedura de mucosas. O vírus penetra no organismo, multiplica-se no ponto de inoculação, atinge o sistema nervoso periférico e, posteriormente, o sistema nervoso central. A partir daí, dissemina-se para vários órgãos e glândulas salivares, onde também se replica e é eliminado pela saliva das pessoas ou animais enfermos.

Nos cães e gatos, a eliminação de vírus pela saliva ocorre de 2 a 5 dias antes do aparecimento dos sinais clínicos, persistindo durante toda a evolução da doença. A morte do animal acontece, em média, entre 5 a 7 dias após a apresentação dos sintomas. Em relação aos animais silvestres, há poucos estudos sobre o período de transmissibilidade, que pode variar de acordo com a espécie.

Programa de vacinação

O Programa Nacional de Profilaxia da Raiva foi criado em 1973, com o intuito de controlar a raiva, por meio de ações voltadas aos animais domésticos (cães e gatos) e profilaxia das pessoas mordidas por mamíferos infectados pelo vírus rábico. Assim deu-se inicio a Campanha Nacional de vacinação contra raiva em cães e gatos.

Informações da Ascom PMG

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -