25.2 C
Guanambi
19.3 C
Vitória da Conquista

Homem foi preso em flagrante tentando saquear carga de caminhão na BR-116 em Poções

- Advertisement -

Últimas Notícias

- Advertisement -




A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante um homem que tentou saquear a carga de um caminhão acidentado na rodovia. A ação aconteceu na última quarta-feira (6), na BR-116, em Poções.

Em decorrência de um engavetamento que envolveu quatro veículos, equipe da PRF recebeu a denúncia que particulares tentavam furtar a carga de um dos caminhões que se encontrava acidentado na altura do quilômetro 752 da BR 116.

Prontamente, os policiais se deslocaram para o local e conseguiram interceptar uma pessoa apontada como responsável por tentar arrombar o baú do caminhão para acessar o compartimento interno de carga e subtrair os produtos.

Ele também foi acusado de liderar um grupo de pessoas, que revoltados por não terem acesso às mercadorias e munidos de pedras e outros objetos, tentaram intimidar os seguranças que protegiam os veículos envolvidos no acidente.

Segundo o PRF, o grupo ainda ateou fogo na mata para afugentar os seguranças. As chamas só não alcançaram os veículos, pois houve a intervenção rápida de prepostos da concessionária VIA Bahia e da própria equipe que faziam a guarnição dos caminhões.

Aos policiais, o detido relatou que ao saber do acidente na rodovia, percorreu cerca de 20 quilômetros e confessou sua participação na tentativa de saque.

Em seguida, o homem de 24 anos foi preso e encaminhado para a Polícia Civil pelos crimes de furto (art. 155) do Código Penal e também por provocar incêndio em mata ou floresta, delito previsto no art. 41 da Lei de Crimes Ambientais.

De acordo com a lei, toda carga é considerada como patrimônio, mesmo que presumidamente perdida após acidentes. Sua apropriação por populares é um crime previsto no Código Penal (CP). E quem compra produtos saqueados também comete crime.

Para informações, denúncias, comunicação de crimes e acidentes a PRF dispõe do número de emergência 191. A ligação é gratuita e atende 24 horas em qualquer parte do País




- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -