Bahia

Trabalhador ficou parcialmente soterrado após deslizamento de barranco em Barreiras

Publicado por
Joana Martins
Compartilhado

Os Bombeiros militares do 17º GBM/Barreiras resgataram um trabalhador que ficou parcialmente soterrado após o deslizamento de um barranco, na tarde desta segunda-feira (8), no bairro Aratu, em Barreiras.

O homem realizava a instalação de manilhas, por volta das 15h50, quando percebeu que parte da escavação iria desabar. Ele tentou deixar o local, mas ficou preso até a cintura.

Com a vítima consciente, os militares iniciaram o processo de retirada de barro, utilizando ferramentas apropriadas, até que conseguiram livrá-la completamente do buraco.

Depois do resgate, o trabalhador foi atendido por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estavam a postos no local. Não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

Fonte: Ascom / CBM

Joana Martins
Publicado por
Joana Martins
Tag Barreiras

Notícias recentes

Estratégia inovadora, usada pelas grandes marcas, ajuda empresários de Guanambi a fidelizarem clientes e aumentar o faturamento

Segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em 2019 o…

Duas pessoas morreram após ônibus com destino a Vitória da Conquista se envolver em acidente em Minas Gerais

Mãe e filho morreram no fim da noite desse domingo (23) após o carro no…

Vitória da Conquista realiza vacinação de adultos, adolescentes e crianças nesta terça-feira

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) prossegue com a vacinação contra a Covid-19 no município…

FBF confirma volta do Flamengo de Guanambi à Série B do Campeonato Baiano em 2022

A Federação Bahia de Futebol (FBF) confirmou que o Clube Esportivo Flamengo, de Guanambi, está…

Sobradinho vai manter vazão de 4.000 m³/s no rio São Francisco até 1º de fevereiro

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) anunciou que vai manter a vazão de…

Olavo de Carvalho morreu aos 74 anos na Virgínia, EUA

Morreu na madrugada desta terça-feira (25), o escritor e influenciador Olavo de Carvalho, de 74…