19.3 C
Guanambi
13.6 C
Vitória da Conquista

Pavimentação da BR-030 entre Carinhanha e Cocos deve custar cerca de R$ 200 milhões

spot_img
- Advertisement -

Últimas Notícias

Tiago Marqueshttps://agenciasertao.com/
Tiago Marques é redator e editor do site Agência Sertão. Trabalha com produção de conteúdo noticioso para rádio e internet desde 2015.
- Advertisement -

As obras de pavimentação dos 88,6 quilômetros da BR-030, entre Carinhanha e Cocos, foram orçadas em aproximadamente R$ 205 milhões. O edital de licitação, publicado na última semana pela Superintendência da Bahia do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit), prevê a contratação de até duas empresas.

O certame será executado pelo regime de execução contratual de empreitada por global, onde as empresas que fornecerem o maior desconto sobre o valor orçado sairão vencedoras. A obra foi dividida em dois lotes, sendo o primeiro de Cocos ao acesso a Juvenília e o segundo do mesmo acesso até a ponte sobre o rio São Francisco, em Carinhanha.

Além da pavimentação, três pontes serão construídas no trecho da BR-030, duas no lote I, sobre o Riacho São José e o Riacho Feira da Mata e uma no lote II, sobre o Riacho Itapicuru. Este projeto está concluído desde 2017 e passou por atualizações antes do lançamento da licitação.

Trecho a ser pavimentado na BR-030

A sessão de abertura das propostas das empresas interessadas nos dois lotes da obra está programado para acontecer no dia 17 de dezembro, às 15h. Os recursos para execução são de dotação orçamentária do Dnit.

Finalizado o processo licitatório, as construtoras vencedoras terão 660 dias consecutivos para a execução do contrato. Os 30 dias iniciais serão destinados aos trâmites e procedimentos legais para a emissão da Ordem de Início de Serviço

Os 540 dias consecutivos seguintes devem ser destinados para a execução dos serviços e, após a finalização da execução dos serviços, está previsto um prazo de vigência 90 (noventa) dias consecutivos destinados ao recebimento dos serviços.

A rodovia BR-030

A BR-030 foi pensada na década de 70 para ligar Brasília a áreas portuárias do litoral baiano, especificamente Maraú, com traçado original de 748,1 quilômetros. Quase 50 anos depois, muitos trechos estão sem pavimentação ou até mesmo ainda não construídos. O maior trecho pavimentado, de cerca de 250 quilômetros, corta os municípios de Carinhanha, Malhada, Palmas de Monte Alto, Guanambi, Caetité, Ibiassucê e Brumado.

Em maio deste ano, moradores das cidades do entorno da rodovia protestaram fechando o tráfego por cerca de 24 e pedindo a pavimentação da rodovia de Cocos a Carinhanha. Eles pediram a substituição imediata do cascalhento para asfalto, com o o objetivo de melhorar as condições de rodagem, principalmente em períodos chuvosos.

De acordo com o Dnit, a implantação e pavimentação da BR-030 é uma poderosa arma para atrair investimentos nessas cidades que compõem a área de influência do empreendimento, o que irá viabilizar a instalação de empresas nos diversos setores da economia, com o consequente aumento da renda e do nível de emprego da população, e redução dos índices de pobreza.

Além disso, segundo o órgão, a pavimentação visa também melhorar o nível de mobilidade do tráfego de longa distância, na ligação entre o Centro-Oeste ao Nordeste do país, assim como, garantir níveis de acessibilidade satisfatórios no atendimento do tráfego regional da área de influência e aumentar a capacidade de circulação de veículos.

Para a população da região, a expectativa é de que a pavimentação facilite o acesso às cidades de Cocos e Feira da Mata, favorecendo principalmente o escoamento da produção agrícola.

Com o início da operação da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) nos próximos anos, o fortalecimento da infraestrutura terrestre pode garantir novos investimentos para conclusão de todos os trechos da BR-030.

- Advertisement -
- Advertisement -

Relacionadas

Deixe uma resposta

- Advertisement -

Mais Lidas

- Advertisement -