Guanambi e Região

Chuvas devem dar trégua na Bahia e em Minas Gerais até fevereiro

Publicado por
Tiago Marques
Compartilhado

A Bahia, afetada pelas chuvas intensas no início de dezembro e na semana do Natal, e Minas Gerais, onde os acumulados de chuva passaram de 500 mm nas últimas duas semanas, terão dias de alívio pelos pelo menos até o fim deste mês.

De acordo com os modelos meteorológicos e institutos de meteorologia, deve chover pouco no estado neste período. As chuvas mais volumosas dos próximos dez dias devem se concentrar no Norte do país e no norte da Região Nordeste. Também deve chover bastante no sul no Rio Grande do Sul e no litoral de Santa Catarina e Paraná.

Previsão de chuva acumulado de 12 a 21 de janeiro – Windy.com

Em Minas e na Bahia, os acumulados não devem passar de 30 mm nas áreas com mais chuvas até 21 de janeiro. A trégua acontece com a eminente formação de uma Zona de Convergência Intertropical, com potencial para levar temporais para as cidades localizadas em faixa na altura da linha do equador, desde a Guiana, até o sul de Tocantins.

O trégua nos temporais severos vai ajudar a baixar os níveis dos rios que estão em situação de inundação em Minas, assim como favorecer o trabalho de recuperação de estradas e reconstrução de locais destruídos pelas cheias e deslizamentos na Bahia.

Nos meses de fevereiro e março, deve voltar a chover de forma significativa nos dois estados. As previsões de longo prazo indicam que os volumes devem ficar próximos da média histórica até o final de abril, quando termina o período chuvoso na maior parte dos dois Estados.

No estado nordestino, de acordo com os dados divulgados nesta terça-feira (11) pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), são 27.113 desabrigados, 60.437 desalojados, 2 desaparecidos, 26 mortos e 521 feridos. O total de atingidos é de 856.820 pessoas.

Os números correspondem às ocorrências registradas em 183 municípios afetados. É importante destacar que, desse total, 168 estão com decreto de situação de emergência. Os dois últimos decretados foram os municípios de Ibiassucê e Mortugaba.

Já em Minas, o pico de alagamentos aconteceu no início desta semana, com muitas cidades debaixo d’água devido às cheias dos rios. A Defesa Civil Estadual confirmou nesta terça-feira (11) mais dez mortes em decorrência da chuva no estado. Os óbitos foram notificados ao longo das últimas 24 horas.

Com isso, subiu para 19 o número de vítimas no estado desde o início do período chuvoso, a partir do dia 1º de outubro. Por causa das investigações em andamento, esses dados não incluem as 10 mortes ocorridas no último sábado (8), em Capitólio, após o desabamento de um paredão de pedra no cânion da represa de Furnas.

Em todo o estado, 145 municípios estão em situação de emergência. O número de desabrigados totaliza 3.481. Já os desalojados somam 13.756 pessoas. O balanço é o mais recente divulgado pela Defesa Civil estadual.

Rio São Francisco

O nível do rio São Francisco continua subindo na região Central e no Norte de Minas devido às cheias dos afluentes. Na Usina Hidroelétrica de Três Marias, a vazão afluente é altíssima, de 8.887 m³/s no início da tarde desta quarta-feira (12).

A Cemig, empresa responsável por administrar a usina, chegou a anunciar que abriria as primeiras comportas, no entanto, resolveu adiar por conta do nível elevado do rio nas cidades à jusante.

A cheia registrada neste início de ano no rio São Francisco já supera a ocorrida em março de 2020. O nível do rio tanto em Minas quanto na Bahia está mais alto do que o registrado à aquela ocasião, na qual já havia vertimento iniciado em Três Marias.

Na Bahia, a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) anunciou que vai aumentar a defluência no lago de Sobradinho devido ao aumento da vazão do rio nos últimos dias e a previsão de chegada de volume muito grande de água nos próximos dias. O reservatório atingiu a marca de 60% de seu volume nesta terça-feira.

Esta postagem foi modificada pela última vez em 12 de janeiro de 2022 15:28

Tiago Marques
Publicado por
Tiago Marques

Notícias recentes

Ingressos para estreia do Flamengo de Guanambi na Série B do Baianão 2022 já estão a venda

Começou nesta quinta-feira (19), a venda de ingressos para a partida entre Flamengo de Guanambi…

Três linhas de ônibus passam por alterações no itinerário em Vitória da Conquista

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) informou que houve alterações nos itinerários das linhas…

Azul inicia venda de passagens do voo Guanambi-Salvador

A Azul Linhas Aéreas iniciou a venda de passagens do novo voo da empresa, ligando…

Padre Joãozinho fará show de encerramento da Festa de Santo Antônio em Guanambi

No dia 13 de junho, dia de Santo Antônio, padroeiro de Guanambi, o encerramento da…

Inmet amplia alerta de declínio de temperatura para 162 municípios da Bahia

O avanço da massa de ar polar sobre o Sul e Sudeste do país já…

Cargas irregulares avaliadas em R$ 3,38 milhões foram interceptadas em Vitória da Conquista e outras duas cidades

A Operação Fechando o Cerco, da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-BA), intensifica a atuação…