Bahia

Tarifa de esgoto será reduzida pela metade para consumo de até 15 m³ em Guanambi, diz prefeito

Publicado por
Joana Martins
Compartilhado

O prefeito Nilo Coelho anunciou que estabeleceu um acordo com a Empresa Baiana de Saneamento Básico (Embasa) para redução da tarifa de esgoto dos consumidores de faixa de consumo menor. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (14).

Segundo o prefeito, o acordo vai garantir a redução da metade da taxa de esgoto, reduzindo a cobrança de 80%, para 40% aos consumidores de 15 metros cúbicos. A decisão ainda será divulgada no Diário Oficial do município, assim como detalhes do acordo. “O acordo foi estabelecido dentro no Marco Legal do Saneamento Básico (Lei 14.026/2020) que garante, sobretudo, a universalização e melhoria do abastecimento, e melhoria no processo de tratamento” afirmou o prefeito Nilo Coelho.

Os termos do acordo ainda não foram divulgados. No início do ano passado, conforme apuração da Agência Sertão, a dívida da Prefeitura de Guanambi com a embasa superava R$ 77 milhões, proveniente do atraso de mais de 20 mil contas de água sem pagamento. A empresa estatal ainda não se pronunciou sobre o acordo.

A Embasa é responsável neste município pela operação e manutenção do sistema de abastecimento de água potável e atua na coleta e tratamento de esgoto desde 2011.

Na época em que começou a cobrar a tarifa de esgoto, a Embasa fundamentou a cobrança do percentual de 80% da taxa de esgoto embasada na Lei 7.307/98 e Decreto/Lei 7.765/2000, possuindo autorização do Governo do Estado para a cobrança.

A decisão da taxa de esgoto de 80% no município gera polêmica e decisões processuais há anos. Em 2016, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) derrubou uma decisão anterior que obrigava a Embasa a não exceder na cobrança da taxa de esgoto em até 40% do consumo de água registrado. Com a sentença, a empresa de saneamento ficou livre para poder cobrar a tarifa de esgoto em até 80% da tarifa de água.

Em 2019, o ex- vice-prefeito que estava em exercício, Hugo Costa, regulamentou a lei municipal 990/2015, que estipula o teto máximo de 40% nas cobranças no município. Segundo a Lei regulamentada, diversos princípios fundamentais deverão ser seguidos, como a sua universalização e gestão integrada. No entanto, à época, a Embasa afirmou que segue a legislação vigente, tanto estadual quando federal e que a decisão municipal não seria acatada.

No meio de todo estes impasses, também está a renovação do contrato de concessão dos serviços de água e esgoto, celebrado entre a Prefeitura de Guanambi e a Embasa. O acordo entre as partes expirou em junho de 2019. Mesmo assim, a empresa segue prestando os serviços normalmente.

A perspectiva é que um novo acordo entre as partes só deve acontecer quando o município concluir o seu Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). Este plano descreve o regulamento e as metas quanto à questão do tratamento da água, coleta e tratamento de esgoto, gerenciamento de resíduos sólidos e drenagem de água pluviais.

A Câmara de Vereadores de  Guanambi já aprovou o Projeto de Lei, que institui a Política e o Plano Municipal de Saneamento Básico e de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos no Município de Guanambi. A decisão foi em 15 de dezembro de 2021, e deve entrar em vigor em breve, quando for sancionada pelo prefeito.

Esta postagem foi modificada pela última vez em 14 de janeiro de 2022 11:14

Joana Martins
Publicado por
Joana Martins

Notícias recentes

Barragens de Ceraíma e Poço do Magro continuam sangrando após mais de duas semanas

Deve voltar a chover em boa parte da Bahia nos próximos dias de acordo com…

Mulher foi denunciada após agredir filho de 12 anos em Vitória da Conquista

Uma mãe foi denunciada por maus-tratos após bater em filho de 12 anos em Vitória…

Chesf aciona vazão máxima programada das hidroelétricas de Sobradinho e Xingó no rio São Francisco

A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) aumentou pela última vez a vazão difluente…

Famílias atingidas pelas chuvas em Vitória da Conqusita recebem alimentos e roupas entregues pela Patrulha Solidária

A Polícia Militar, por meio da Patrulha Solidária, entregou 400 cestas básicas, 300 frangos e…

Vitória da Conquista vacina crianças de 8 a 11 anos nesta segunda-feira

Nesta segunda-feira (24), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Vitória da Conquista inicia a…